Notícias

Moto

CNH para motociclistas de acordo com cilindrada 

Presidente do Conselho da Associação de Motociclistas Halley Davidson, Davidson Botelho defende o retorno da faixa qualitativa para habilitação de pilotos de motocicletas. Segundo ele, “conforme a cilindrada da moto seria entregue uma habilitação compatível, representando o preparo do piloto”.

Botelho esteve no sepultamento do empresário Silvio Ricardo de Andrade Silva, 41 anos, morto numa briga de trânsito na última sexta-feira, e admitiu que a classe está marginalizada por conta dos abusos e violência registrados. Com roncos dos motores das motocicletas, buzinas e muitas palmas, amigos e motociclistas se despediram do empresário/motociclista, no cemitério Jardim da Saudade, na tarde de sábado. Durante o velório os motociclistas reclamaram da falta de segurança nas ruas de Salvador, tanto em relação aos acidentes de trânsito, quanto a casos de violência, como o que aconteceu com o empresário.

Todos lamentaram a perda do desportista, trabalhador, tranquilo e muito equilibrado. Silvio Ricardo foi ferido no cotovelo e abdômen quando transitava pela Avenida Antônio Carlos Magalhães (ACM),quando se dirigia para sua loja, no Ogunjá. Próximo da Rodoviária de Salvador, ele se envolveu numa batida e chegou a quebrar o retrovisor do Palio vermelho, placa JCH – 2501. Houve uma ligeira discussão e o motorista do veículo atirou com uma arma Ponto 40, de uso exclusivo da Polícia.O empresário chegou a andar cerca de 400 metros com a moto e depois caiu morto.

O presidente do conselho da associação de Motociclista admitiu que a classe de pilotos de moto está marginalizada, pela imagem que se criou a partir do não cumprimento das normas por alguns motociclistas. Ressaltou também que existe inclusive a prática de crimes mais graves, por alguém pilotando uma moto.Por estes motivos ele defende a alteração na qualificação desses pilotos.

Outro motociclista sugeriu a criação de um serviço de monitoramento e rastreamento para identificar junto ao Detran as motos, e, principalmente, os carros clonados. Segundo ele, no estado do Paraná, por exemplo, a policia já criou um sistema inteligente. “Nas rodovias os agentes andam com um equipamento na mão, que, na passagem dos veículos, consegue imediatamente saber se o veículo está clonado. Esses equipamentos podem ser instalados nos pedágios das rodovias”, explica o motociclista, que prefere manter-se no anonimato. “O aparelho identifica e a polícia prende na hora”, dispara.

Além de familiares e amigos, estiveram empresários do ramo de automóveis e motocicletas e associações de motociclistas de Salvador e Região Metropolitana, A associação Halley Davidson, União dos motoclubes e motogrupos de Salvador e o grupo o qual Silvio Ricardo fazia parte, Bahiaburgman.

Fonte: Tribuna da Bahia


Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Politica de Privacidade.

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']