Notícias

Notícias

Cadeirinhas em cintos abdominais – Parte III 

Mariana Czerwonka para Blog do Trânsito www.blogdotransito.com.br Acabou de sair uma matéria no Estado de S. Paulo (leia aqui) dizendo que o assento de criança será dispensado para carro anterior a 98, por este não possuir cinto de três pontos atrás. Segundo o Estadão, a nova lei de transporte de crianças com dispositivos de segurança, na faixa etária dos 4 aos 7 anos e meio, não vai se aplicar aos veículos que possuem apenas cintos de segurança com apenas dois pontos, a maioria fabricada até 1998. A orientação é que não sejam aplicadas multas nesses casos, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Conversei agora com a Assessoria de Imprensa do Denatran e eles me garantiram que não é bem assim. A Polícia Rodoviária Federal realmente usará essa prática em suas fiscalizações, porém não é um posicionamento oficial do Denatran. Quer dizer, os outros órgãos de trânsito podem cobrar o dispositivo, mesmo em cintos de dois pontos. Extra-oficialmente o que se fala é que sairá uma Deliberação do Contran, liberando que pais que tenham veículos anteriores a 1998, transportem seus filhos –com sistema de retenção obrigatório (bebê conforto, cadeirinha ou assento) – no banco da frente, assim como ocorre com os veículos dotados apenas de bancos dianteiros. Vamos aguardar para ver qual será o próximo capítulo. Esperamos que no final, as crianças não saiam perdendo…

Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *