Notícias

Notícias

Detran anuncia mudanças no processo de 1.ª habilitação no PR 

Detran anuncia mudanças no processo de 1.ª habilitação no PR
O Portal do Trânsito irá compilar esses dados e entregá-los ao Contran durante a reunião que acontecerá no dia 12 de setembro em Porto Alegre.

Mudanças no processo de habilitação

A partir de novembro, os candidatos à primeira habilitação só poderão se inscrever para as aulas teóricas e práticas de direção depois de aprovados nos exames médico e psicológico. A medida, anunciada nesta quinta-feira (31) pelo Departamento de Trânsito do Paraná, deve gerar economia aos alunos, melhor aproveitamento das aulas e, ainda, dar agilidade aos Centros de Formação de Condutores para marcar os testes.

Segundo o diretor-geral do Detran, Marcos Traad, a expectativa é melhorar o desempenho dos candidatos. “O aluno deve se concentrar em obter um bom resultado na etapa em que se encontra. No exame de aptidão física e mental, por exemplo, é importante buscar orientação sobre como serão os testes, saber o que é cobrado na fase coletiva e na individual do exame psicológico. Este preparo é fundamental para evitar nervosismo e ansiedade, que podem prejudica-lo”, explica. A mudança vale apenas para processos abertos a partir do dia 1º e não altera aqueles que já estão em andamento. As taxas pagas para a primeira habilitação serão divididas: uma única para os exames médico e psicológico e outra para os demais testes e serviços. “Assim, se o aluno reprovar nos exames de saúde, ou desistir do processo nesta etapa, não vai perder tempo e dinheiro”, completa Traad.

Agilidade

Outra inovação anunciada pelo Detran é a apropriação automática do processo de habilitação. Antes, as taxas eram pagas, o aviso de pagamento era enviado ao Detran para processo e só então era liberado o agendamento dos serviços. Agora, a taxa será paga e identificada por um sistema automático da rede bancária, em um prazo de cerca de 15 minutos, que já libera o agendamento.

A alteração foi uma sugestão do Sindicato dos Proprietários dos Centros de Formação de Condutores do Estado do Paraná, que integra um dos grupos temáticos para discussão e implantação de melhorias nos serviços do Departamento. “É uma conquista em benefício do cidadão paranaense, porque os exames serão agendados muito mais rapidamente”, destaca o presidente do Sindicato, Justino Rodrigues da Fonseca.

Com informações da Assessoria de Imprensa

Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Politica de Privacidade.

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']