Trending News

Notícias

Notícias

DNIT normaliza tráfego em rodovias afetadas pelas chuvas 

A mobilização imediata de equipes do DNIT para remoção de barreiras ou execução de outros serviços garante a normalização do tráfego nas rodovias afetadas pelas chuvas em diversas regiões do país. Nesta terça-feira (22/01), o trânsito de veículos no km 454 da BR-101, no Rio de Janeiro, foi restabelecido poucas horas após interdição parcial da pista provocada por queda de barreira. Na véspera, o tráfego no km 350 da BR-116, em Campanário, Minas Gerais, também foi restabelecido no mesmo dia após atuação das equipes do DNIT para remoção de barreira.

O trabalho das equipes do DNIT vem sendo realizado desde o início da temporada de chuvas, que normalmente afeta as regiões Sul e Sudeste. Desde o mês de novembro passado, o DNIT monitora as zonas consideradas de risco em parceria com o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais – CEMADEN, que mantém a Autarquia informada sobre possíveis ocorrências em áreas suscetíveis de todo o Brasil.

O DNIT mantém contratos de manutenção em todos os pontos de maior incidência de chuvas no país. Isto agiliza a liberação do trânsito e a recuperação de possíveis danos nas vias. Os técnicos das Superintendências Regionais da Autarquia estão de prontidão para atender as emergências.

No estado do Rio de Janeiro, onde as chuvas alcançaram índices pluviométricos três vezes maior que o previsto para o mês de janeiro, houve problemas em vários pontos da BR-101. Quedas de barreiras e de blocos de rochas interferiram no fluxo de veículos por alguns momentos, mas todo o trecho está fluindo normalmente.

Os maiores problemas ocorreram na região mais próxima de Angra dos Reis e Mangaratiba. Os pontos afetados por rompimento de encostas foram liberados, rapidamente, com a ação das equipes do DNIT que estão de alerta no local.

No estado do Piauí as chuvas do último dia 19 causaram a destruição total de um bueiro triplo, interditando o trânsito no km 101 da BR-135, há 20 quilômetros de Bertolínia. No dia seguinte a equipe regional do DNIT concluiu um desvio de 200 metros liberando o fluxo de veículos leves e ônibus. Os “bitrens” ou similares foram orientados a usar uma rota alternativa, pelo menos até o final deste mês, quando o trecho será liberado por meio de uma ponte metálica.

Até que a ponte metálica seja montada, os veículos de carga que viajam no sentido norte-sul devem optar, pela rodovia estadual PI-140 a partir da cidade de Floriano. No município de Canto do Buriti, seguir pela PI-141 até acessar a BR-135 novamente em Eliseu Martins.

Fonte: Surgiu.com.br

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *