Notícias

Notícias

Editora comemora mudanças na prova de CNH em São Paulo 

Editora comemora mudanças na prova de CNH em São Paulo

Prova de CNH menos decoreba em SP

O Detran de São Paulo anunciou que irá modificar o exame teórico para emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Segundo o órgão, a prova vai ficar menos “decoreba” e mais educativa no Estado.

Na prática, em vez de responder qual o nome oficial de uma placa de trânsito, por exemplo, o futuro motorista terá de escolher entre as alternativas qual a forma correta de proceder diante daquela sinalização. Para o Detran/SP, o novo método deve acabar com as queixas de “pegadinhas” nas questões, ampliar o caráter educacional do exame e aumentar o índice de aprovação na primeira tentativa, que hoje é de 60%.

“Uma boa e eficaz avaliação de conhecimentos, segundo as mínimas recomendações didático-pedagógicas, e o bom senso, deve levar em conta o que foi ensinado. Por outro lado, o que cai em prova influencia diretamente o que será ensinado. Quando as perguntas da prova são ruins, inconsistentes, fracas, viciadas, confusas ou pouco profundas, acaba acontecendo um distanciamento do objetivo original, que era formar adequadamente o condutor. Mas a recíproca é verdadeira: se as perguntas tiverem qualidade didática, o processo ensino-aprendizagem tende a se qualificar”, avalia Celso Alves Mariano, diretor da Tecnodata Educacional, empresa especializada em materiais para educação de trânsito.

Segundo Mariano, a qualidade dos cursos de formação de condutores tem sofrido uma influência nada favorável devido à baixa qualidade das questões das provas. “O que vemos é que perguntas do tipo ‘O que é CONTRANDIFE?’ tem mais espaço do que as do tipo “De quem é a preferência quando falta energia e o semáforo não funciona?’. Estamos convictos de que a adoção de um sistema de avaliação coerente, baseado no bom senso, fará com que, naturalmente, o ensino e a formação teórica dos condutores passem a refletir essa mesma coerência e bom senso, melhorando o processo como um todo“, diz.

O especialista em trânsito diz ainda que para a Tecnodata que já vem desenvolvendo materiais com essa visão, é um alento que os Detrans comecem a tomar atitudes como essa. “Nossa experiência profissional, decorrente da dedicação integral à Educação para o Trânsito desde a promulgação do CTB, e o convívio diário com candidatos, instrutores, proprietários e diretores de instituições de ensino, administradores públicos, coordenadores e diretores de departamentos estaduais e municipais de trânsito, foram determinantes para que produzíssemos um material que não apenas aprovasse o candidato, mas que o levasse a refletir sobre a real responsabilidade do condutor, face às atuais necessidades de segurança no trânsito e ao aprimoramento geral do processo educacional”, explica.

O Detran/SP irá disponibilizar em seu site (www.detran.sp.gov.br) as mil questões para os candidatos estudarem. “Mostrar as questões não combina muito com o objetivo de evitar a decoreba. Num primeiro momento, ter acesso à todas as questões será um estímulo para muitos tentarem, justamente, decorar perguntas e respostas, ao invés de estudar para dominar o assunto”, avalia Mariano.

Perguntado sobre o tempo que os editores de materiais didáticos têm para se adequar a essa nova proposta, Celso Mariano é enfático. “A Tecnodata já produz materiais didáticos com essa finalidade, por este motivo os CFCs que são nossos parceiros têm alcançado índices extremamente satisfatórios de aprovação junto aos Detrans. Para se dar bem numa prova dessa, o candidato precisa, e merece estudar em um material didático de qualidade, como é o nosso”, finaliza Mariano.

Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Politica de Privacidade.

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']