Notícias

Notícias

Fim de semana concentra 37,5% das mortes no trânsito em SP 

Fim de semana concentra 37,5% das mortes no trânsito em SP

Mortes no fim de semana em SPA CET-SP registrou 1.152 mortes na capital paulista no ano passado. A noite do sábado foi o período com mais incidentes graves, com 69 óbitos

Em 2013, 37,5% dos casos de mortos em acidentes de trânsito em São Paulo aconteceram em finais de semana, segundo dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). De 1.069 ocorrências em que a companhia conseguiu identificar o dia e o horário dos acidentes, 401 aconteceram entre a madrugada de sábado e a noite de domingo.

De acordo com o Relatório Anual de Acidentes de Trânsito Fatais de 2013 da CET ao qual o G1 teve acesso, foram registrados 1.152 óbitos no trânsito no ano passado na capital paulista.

“No geral, a redução de mortes em acidentes de trânsito foi de 6% de 2012 para 2013 : 1.231 mortes em 2012 e 1.152 em 2013. O número é o menor já registrado pela CET desde que a contagem teve início, nos anos 1970”, informou a companhia por meio de nota .

Vias com mais acidentes
O relatório da companhia também lista as 50 vias que mais concentraram acidentes fatais no ano passado – das 1.152 mortes, 383 aconteceram nelas. As marginais Tietê e Pinheiros registraram o maior número de mortes em acidentes no ano passado, com 39 e 24 vítimas fatais, respectivamente.

Tanto na Marginal Tietê quanto na Pinheiros, os motociclistas representam o maior número de mortes: 21 e 11, respectivamente. A segunda principal causa de óbito nas duas vias foi por atropelamento: dez na Marginal Tietê e oito, na Pinheiros.

As avenidas Senador Teotônio Vilela (20), Estrada do M’Boi Mirim (19), Avenida Sapopemba (17) e Avenida Raimundo Pereira de Magalhães (12) também apresentaram um alto número de mortes.

Os atropelamentos representaram 44,6% das mortes, com 514 vítimas fatais. O índice de mortes de motociclistas (403) também é significativo, equivalente a 35% do total. Juntas, as duas categorias somam quase 80% das mortes no trânsito de São Paulo em 2013.

O estudo da CET mostra, ainda, que 81,3% das vítimas fatais são homens. No caso das mortes de ciclistas e motociclistas, a concentração é ainda maior. Dos 35 ciclistas que morreram em acidentes, 34 são homens. Entre os motociclistas, o sexo masculino representa 382 das 403 mortes, ou 94,8%.

As 50 vias de SP com mais mortes:
Marginal Tietê –  39
Marginal Pinheiros – 24
Av. Senador Teotônio Vilela –  20
Estrada do M’Boi Mirim – 19
Av. Sapopemba – 17
Av. Raimundo Pereira de Magalhães – 12
Av. Nossa Senhora do Sabará – 10
Av. José Pinheiro Borges – 10
Av. Aricanduva – 9
Av. Guarapiranga – 9
Av. Ragueb Chohfi – 9
Av. Dona Belmira Marin – 8
Av. Jacu-Pêssego/Nova Trabalhadores – 8
Av. Marechal Tito – 8
Av. do Estado – 8
Av. Carlos Caldeira Filho – 7
Av. Cupecê – 7
Av. Inajar de Souza – 7
Av. Professor Francisco Morato – 7
Av. Atlântica – 6
Av. Brigadeiro Luís Antônio – 6
Av. Celso Garcia – 6
Av. Engenheiro Caetano Álvares – 6
Av. Itaquera – 6
Av. São Miguel –  6
Av. Vereador João de Luca – 6
Estrada de Itapecerica – 6
Estrada da Baronesa – 6
Av. Alcântara Machado – 5
Av. dos Bandeirantes – 5
Av. Ermano Marchetti – 5
Av. Nordestina – 5
Estrada do Campo Limpo – 5
Av. Deputado Cantidio Sampaio – 5
Vd. Engenheiro Alberto Badra – 5
Av. Engenheiro Armando de Arruda Pereira – 5
Av. Afonso de Sampaio e Sousa – 4
Av. Antonelo da Messina – 4
Av. Carlos Lacerda – 4
Av. Conde de Frontin – 4
Av. Iguatemi – 4
Av. Interlagos – 4
Av. João Dias – 4
Av. Nova Cantareira – 4
R. Dr. Assis Ribeiro – 4
Av. Arquiteto Vilanova Artigas –  3
Av. Brigadeiro Faria Lima – 3
Av. Cangaíba – 3
Av. Cruzeiro do Sul – 3
Av. do Oratório –  3

Fonte: G1 Notícias

Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Politica de Privacidade.

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']