Notícias

Notícias

Marginal Tietê deveria ter corredor de ônibus, afirma professor 

Os impactos das obras na marginal Tietê são inevitáveis, segundo especialistas ouvidos pela Folha. Ontem, as faixas das pontes da Casa Verde, Freguesia do Ó e Vila Maria foram interditadas e, segundo a CET, o trânsito na marginal aumentou 31% entre as 7h e as 11h de ontem. Apesar da piora do tráfego na marginal, a Secretaria Municipal de Transporte informou que o índice de congestionamento em toda a cidade teve melhora de 1% pela manhã. De acordo com o secretário Alexandre de Morais, foi notada uma migração do horário de pico da manhã. Apesar dos problemas, as intervenções realizadas ao mesmo tempo fazem com que o transtorno, em tese, dure menos. O problema, afirma Orlando Strambi, professor da USP, é quando essa obra é colocada dentro de um contexto de planejamento estratégico. “Mesmo que concorde com a urgência da obra, ela deveria doer muito na consciência de quem decidiu por ela. Mas isso não está ocorrendo”, diz o engenheiro especialista em transportes da Escola Politécnica. Strambi questiona, por exemplo, a falta de espaços para os ônibus no projeto. Saiba mais na reportagem da Folha de S. Paulo.

Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *