Notícias

Moto

Metade dos mortos em acidentes de trânsito em Floripa é motociclista 

Metade dos mortos em acidentes de trânsito em Floripa é motociclista

Motociclistas em Florianópolis

Estudo da Rede Vida no Trânsito mostra que a cada 40 minutos um motociclista chega acidentado na emergência do Hospital Governador Celso Ramos

A Rede Vida no Trânsito realizou um estudo no segundo semestre de 2013 em Florianópolis, capital de Santa Catarina, que mostra o cenário atual do trânsito na cidade. Segundo as estatísticas analisadas, metade dos mortos em acidentes de trânsito na capital, é motociclista. Ainda conforme o estudo, no início da manhã, no fim da tarde e em dias chuvosos, os acidentes aumentam. “É muito importante que os motociclistas, tendo ciência desses números, redobrem a atenção e os cuidados indispensáveis à segurança”, analisa Celso Alves Mariano, especialista em trânsito e diretor da Tecnodata Educacional, empresa com vasta experiência em materiais didáticos voltados à educação de trânsito.

De acordo com a Rede Vida no Trânsito, grupo composto pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Ministério Público, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Estadual, Instituto Médico Legal, Via Ciclo, Secretarias de Saúde Estadual e Municipal, além de outras entidades ligadas ao tema, as causas do aumento no número de acidentes envolvendo motociclistas estão diretamente relacionadas ao uso do corredor, excesso de velocidade e ingestão de bebidas alcoólicas.”O aumento no número de acidentes envolvendo motocicletas é uma tendência nacional, o que é muito preocupante. É preciso urgentemente medidas na área de fiscalização e na formação desses motociclistas”, afirma Mariano.

Segundo as estatísticas, em média, morrem 50 motociclistas por ano em Florianópolis.

 

 

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']