Notícias

Notícias

Paim cobra melhoria no transporte para viabilizar mobilidade urbana 

Paim cobra melhoria no transporte para viabilizar mobilidade urbana

Investimento em mobilidade

O fim dos congestionamentos no trânsito das grandes cidades brasileiras só será possível se o país priorizar investimentos em transporte público, na opinião do senador Paulo Paim (PT-RS). Em discurso nesta quarta-feira (5), o parlamentar disse ser consenso entre os especialistas que a redução do uso individual de veículos nas cidades só ocorrerá quando a população puder contar com um transporte coletivo de qualidade.

Paim lembrou que 80% da população brasileira vivem em centros urbanos e enfrentam todos os dias várias horas no trânsito. Grande parte, disse, sofre com um transporte público ineficiente e com tarifas altas, mas cada vez mais brasileiros optam por usar seus veículos particulares nesses deslocamentos diários, gerando congestionamentos cada vez maiores.

– Jamais vamos convencer o cidadão a deixar seu carro estacionado na garagem quando for ao trabalho, para ir de ônibus ou de metrô, se a opção for viajar espremido, dentro de uma ‘lata de sardinha’, esperando tempo excessivo no embarque. E ainda pagar tarifas caras. Claro que ele vai usar seu carro – disse.

O parlamentar acredita que, com um transporte público de qualidade e de baixo custo, haverá uma mudança cultural em favor do uso de ônibus e metrô nos dias de trabalho, ficando os veículos particulares para os deslocamentos das famílias nos fins de semana.

Dívidas dos estados

Paim também apelou aos colegas pela aprovação de projeto que reduz encargos das dívidas dos estados (PLC 99/2013). Conforme informou, a matéria deve ser votada no próximo dia 12 na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e no dia 27 em Plenário.

O projeto, de iniciativa do Executivo, troca o atual indexador das dívidas, o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), mais juros anuais de 4%.

O relator, senador Luiz Henrique (PMDB-SC), manteve as alterações feitas na Câmara dos Deputados, que não contam com o apoio do governo. Paulo Paim espera que o acordo construído até aqui seja suficiente para a aprovação do texto.

Aerus

O senador também se disse confiante na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em favor de aposentados e pensionistas do Fundo Aerus. A primeira sessão de julgamento no caso será realizada na próxima quarta-feira (12).

Com informações da Agência Senado

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']