Notícias

Bicicleta

Pedalar na contramão é proibido e perigoso. Veja o motivo! 

Pedalar na contramão é proibido e perigoso. Veja o motivo!
De acordo com o Art.58 do Código de Trânsito Brasileiro é proibida a circulação de bicicletas na contramão.
Bicicletas na contramão
De acordo com o Art.58 do Código de Trânsito Brasileiro é proibida a circulação de bicicletas na contramão.

De acordo com o Art.58 do Código de Trânsito Brasileiro é proibida a circulação de bicicletas na contramão.  Segundo o texto, os ciclistas devem trafegar nas vias urbanas e nas rurais de pista dupla, quando não houver ciclovia, ciclofaixa, ou acostamento, ou quando não for possível a utilização destes, nos bordos da pista de rolamento, no mesmo sentido de circulação regulamentado para a via, com preferência sobre os veículos automotores.

Apesar de obrigatório, muitos ciclistas não respeitam essa norma por acharem que é mais seguro trafegar na contramão. De acordo com estudos, apesar de enxergarem melhor os veículos é mais difícil frear para evitar uma colisão frontal do que diminuir a velocidade para evitar um atropelamento.

Além disso, na contramão, o ciclista acaba surpreendendo os condutores dos demais veículos.

“Por exemplo, ao sair de uma garagem ou num cruzamento, os condutores por hábito, acabam verificando os veículos que vêm no sentido da via, o motorista não está esperando um veículo na contramão. Dessa forma, fica mais difícil evitar um acidente”, explica Celso Alves Mariano, especialista e diretor do Portal do Trânsito.

Não há uma forma de punir ciclistas que não respeitam essa e as demais regras para o uso da bicicleta. “Cabe ao agente de trânsito, que flagrar essa situação, advertir o ciclista e orientá-lo quanto a sua própria segurança”, finaliza Mariano.

 

Artigos Recomendados Para Você

8 Comentários

  1. Dayane

    Boa noite hoje estava na contra mão por q não sabia q era proibido transitar assim quando estava descendo a rua vi um veículo saindo da garagem como ele parou Axel q era para mim poder passar e continuei mais quando estava terminando de passar ele bateu em minha bicicleta não sei se ele tirou o pe do freio para terminar de fechar o portão ou se acelerou sem querer mais pegou na bicicleta o q eu posso fazer sobre isso?ele foi muito grosso comigo como estava cm o uniforme da empresa disse q ligaria la por q pegava refeição no estabelecimento q eu trabalhava,nossa me senti um lixo chamou a policia e eu esperei mais os policiais disse q não poderia fazer nada q não houve vitima grave nem ferimento q era para fazer boletim on laine casa ele quissece chamou o patrão dele q ficou me humilhando falando q eu estava errada eu sei agora q errei mais o disse para ele q se fosse uma crianca ou alguém se ele passaria por cima o mesmo disse q sim por q a mão era do funcionário q ele não tem obrigadão de olhar dos dois lados o q eu faco caso ele abra um boletim de ocorrência?

    1. Mariana Czerwonka

      Dayane

      Se ele registrar um Boletim de Ocorrência você deverá verificar quais as intenções dele para então buscar um caminho para resolver. Ele quer que você pague os danos do veículo, é isso?

      Equipe Portal

  2. Jerson

    Mariana e leitores.
    Essa Lei foi feita por quem NUNCA ANDOU DIARIAMENTE de bicicleta. O número de ciclistas atingidos por trás é 30 VEZES MAIOR do que quando constava na Lei a permissão p transitar na contra mão! Sem contar as mortes por ciclistas que foram esmagados por onibus e caminhões que não conseguem ver devido a altura dos veículos. Deveria ser feita uma pesquisa sobre a opinião dos ciclistas e não IMPOR uma lei sem qq base estatística.

  3. Michael

    Sinceramente no RJ eu sempre pedalava na contra mão ou na calçada. Não sei por quê, mas o povo tinha tara por querer tentar me atropelar e propositalmente. Já aconteceu várias vezes de um carro estar bem longe e eu ir atravessar e de repente o motorista decidir acelerar absurdamente (claramente perceptível por causa do aumento repentino do barulho do motor). Uma vez indo para o colégio só não fui atropelado porque havia carros estacionados no canto da rua, o indivíduo deve ter considerado que não valeria a pena o prejuízo dele, mas ele chegou a jogar o carro na minha direção. Impossível pensar que vou andar de bicicleta de costas pra esse malucos. Ao menos em Cascavel há bastantes ciclovias e no centro a linha de ônibus ainda ajuda a separar os carros dos ciclistas.

  4. Airton Negrine

    A verdade é que o ciclista que trafega na contramão em caso de acidente do ponto de vista jurídico não tem razão. A lei é feita para todos cumprir.

  5. VINICIUS MERENDA

    Olá boa noite hj tive uma colisão com uma bicicleta que estava na contra mão o mesmo e especial mais ele estava vindo na contra mão e infelizmente ele se quebrou mais do que eu alguém pode me orientar?

    1. Mariana Czerwonka

      Vinicius

      Vou encaminhar a sua dúvida para o grupo de especialistas, provavelmente a sua dúvida seja respondida na live da próxima quinta-feira (04) às 14h30.

      Equipe Portal

  6. Jeferson F

    Concordando ou discordando, esta é a lei. E deve ser seguida por todos: motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres.
    Que se faça a exigência de exame de conhecimento das leis de trânsito para autorizar a utilização de vias públicas das cidades!
    Não é possível que a lei seja conhecida por motoristas e motociclistas e desconhecida por ciclistas.
    O espaço é público e todos devem ter conhecimento da Lei.
    Abraços!

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *