Notícias

Notícias

Pena maior para motorista alcoolizado que matar 

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara Federal pode votar o Projeto de Lei 722/07, do deputado Alexandre Silveira (PPS-MG), que aumenta em um terço a pena para motoristas que, sob efeito de álcool ou drogas, atropelem e matem alguém (casos de homicídio culposo, em que não houve a intenção de matar).

Atualmente a pena para quem comete homicídio culposo é detenção de um a três anos. Essa pena é aumentada em um terço, se o crime resulta de inobservância de regra técnica de profissão ou se o agente deixou de prestar imediato socorro à vítima ou fugiu para evitar prisão em flagrante.

O relator, deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), recomenda a aprovação do projeto. Ele apresentou substitutivo que apenas ajusta a redação do texto, sem alterar a medida proposta.

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']