Notícias

Moto

Por dia, 14 acidentes envolvendo motos são registrados em Vitória 

Por dia, 14 acidentes envolvendo motos são registrados em Vitória

Acidentes com motos

Um projeto aprovado na Câmara de Vereadores de Vitória obriga a prefeitura a colocar em frente aos semáforos da capital, uma faixa exclusiva para motos. A medida já existe em outras cidades

Todos os dias nas ruas das grandes cidades a disputa entre ônibus, carros, motos, ciclistas e pedestres traz insegurança e acaba causando graves acidentes.

De acordo com dados levantados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) do Espírito Santo, cerca de 14 acidentes envolvendo motociclistas na Grande Vitória são registrados todos os dias.

Um projeto aprovado na Câmara de Vereadores de Vitória obriga a prefeitura a colocar em frente aos semáforos da capital, uma faixa exclusiva para motos. A medida já existe em outras cidades como São Paulo e Recife.

Segundo o presidente do sindicato dos motoboys de Vitória, Alexandre Martins, a frota está crescendo por ser um veículo barato. “Nós temos hoje em menos de quatro anos, 5.333 mil mutilados por acidentes com moto. Ano passado, foram 176 mortes nos locais do acidente. A cada dia cresce a venda e a frota de motos por ser um veículo barato”, disse.

O especialista em trânsito Paulo Lindoso afirmou que para evitar acidentes é preciso que todos tenham educação. “É necessário que as pessoas tenham educação no trânsito. A pessoas precisam saber que tem regras e isso deve ser respeitado.”

Corredores exclusivos para ônibus

O investimento para a criação de corredores exclusivo para ônibus será de R$ 135 milhões. Essa verba foi captada junto ao Governo Federal. A faixa será criada para garantir a fluidez do trânsito. Além disso, haverá a ligação da área residencial da Serra com a área empresarial e também comercial. A faixa será nas avenidas Eudes Cherres de Souza e a Talma Rodrigues Ribeiro, que liga os terminais rodoviários.

“Tecnicamente é uma atitude muito boa porque vai separar o conjunto de motociclistas dos carros. A motocicleta ficará na frente do carro e conseguiremos evitar os potenciais conflitos no movimento”, declarou o especialista.

Essa obra prevê a implantação de dois mergulhões, que são as passagens internas por baixo dessa faixa exclusiva para ônibus.

Fonte: Folha Vitória

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']