Notícias

Notícias

Saiba como manter a calma no trânsito 

As situações estressantes são cada vez mais comuns no trânsito brasileiro. Saiba como evitar brigas, discussões e até acidentes

Mariana Czerwonka

No trânsito, mais do que exigir dos outros, devemos fazer a nossa parte.
No trânsito, mais do que exigir dos outros, devemos fazer a nossa parte.

Alterações no estado físico e mental do condutor afetam diretamente a capacidade de dirigir. Alguns fatores que influenciam mudanças de comportamento são: cansaço, sono, uso de álcool, drogas ou medicamentos e estados psicológicos alterados como pressa, distração, agressividade, irritação e espírito competitivo. Segundo a especialista em trânsito Elaine Sizilo, a capacidade intelectual do ser humano está classificada em oito inteligências: a da comunicação, a do raciocínio lógico, a da noção de espaço, a da coordenação motora, a de se situar no meio ambiente e a da distinção e interpretação de sons. “Para cada tarefa que realizamos, utilizamos várias dessas inteligências, já o ato de dirigir exige a utilização de todas as oito”, explica.

Relacionamento Interpessoal

O trânsito é o mais importante ponto de junção de diversos grupos, segmentos e indivíduos de uma sociedade e por este motivo o comportamento dos usuários envolvidos é tão importante. “Mesmo sem querer, no trânsito nos relacionamos com várias pessoas ao mesmo tempo, é importante sempre manter o equilíbrio. Alguns valores são fundamentais para que os cidadãos mantenham a calma no trânsito e possam dessa maneira evitar brigas, discussões e até acidentes”, diz Sizilo. A especialista dá algumas dicas. Veja na lista abaixo.

Respeito

Por ser um dos valores mais importantes, o respeito é a viga mestra dos relacionamentos. É importante respeitar os outros, as diferenças individuais e a diversidade de opiniões.

Flexibilidade

As pessoas têm interesses distintos. É preciso “jogo de cintura” para evitar conflitos e buscar soluções criativas para problemas criados pelos relacionamentos. Além disso, as pessoas mais flexíveis têm melhor capacidade de adaptação quando expostas a diferentes situações ou ambientes.

Bom senso e sabedoria

Qualquer situação ou problema tem mais de uma maneira de ser interpretado ou resolvido. O controle das situações está sempre na mão de quem age com bom senso e ponderação.

Humildade

Reconhecer os próprios erros, com humildade e simplicidade tema propriedade de dissolver os desentendimentos na raiz. Entretanto, nos relacionamentos, poucos são aqueles que reconhecem os erros.

Paciência

As pessoas pacientes não precisam resolver tudo na hora, não são afobadas, nem tiram conclusões precipitadas.

Equilíbrio

Controlar o próprio temperamento é fundamental para quem quer, deseja e necessita desenvolver uma boa capacidade de se comunicar e negociar.

Educação

Cultivar as boas maneiras, saber o valor da civilidade, tratar bem as pessoas, ser gentil e cordial são atributos indispensáveis. Colocando em prática as dicas sugeridas, o ambiente do trânsito se tornará menos agressivo e o condutor pode, dessa forma, evitar situações de risco para ele e para os demais.

Mais informações:

Materiais Tecnodata de Relacionamento Interpessoal

Reportagem do Paraná TV sobre o assunto.

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *