Notícias

Notícias

Saúde lança banco que reúne dados sobre lesões por violências e acidentes 

Saúde lança banco que reúne dados sobre lesões por violências e acidentes
Foto: Pixabay.com

O objetivo do projeto TRAUMA é integrar e compartilhar informações sobre lesões por violências e acidentes entre os serviços de atendimento.

O Ministério da Saúde, em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein, lançou na semana passada, um projeto que vai integrar e compartilhar dados, bem como informações e estatísticas sobre lesões por violências e acidentes. A medida será implementada por meio de uma base de dados unificada e atualizada em tempo real para apoiar o atendimento, a gestão, subsidiar melhorias no atendimento e embasar políticas públicas.

Denominado Tecnologia de Rápido Acesso Unificado para Mitigação da Acidentalidade (TRAUMA), o projeto surgiu no âmbito do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS).

Conforme o Ministério, a criação do banco terá como protocolo padrão o envio e a consulta das informações sobre o atendimento a traumas, o que possibilitará a criação de painéis de gestão com informações mais qualificadas.

Conhecer os dados sobre acidentes

De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, conhecer os dados sobre acidentes é fundamental para a tomada de decisões. Para ele, a medida vai integrar informações de diferentes sistemas relacionados à saúde, como da Atenção Pré-Hospitalar Móvel e do Prontuário Eletrônico do Paciente, além de parceiros externos, como segurança pública.

“O PROADI fará diferença na ponta do SUS à medida em que irá gerar indicadores para que o gestor possa ter uma percepção mais clara e, então, tomar as decisões de gestão. A gente só gerencia o que conhece e só se conhece quando há dados”, enfatizou.

O superintendente de Ciência de Dados e Analytics Big Data do Hospital Israelita Albert Einstein, Dr. Edson Amaro Júnior, destacou a importância das equipes na realização do plano.

“Não é fácil construir um projeto à medida em que os desafios não são só tecnológicos. Eles são também de relações, portanto vamos precisar muito do aspecto pessoal. Isso que a construção das equipes já tem dado suporte a esse projeto e, além disso, tem dado destaque. Nesse sentido, espero que, em breve, a população consiga aproveitar este benefício”, pontuou.

A iniciativa conta ainda com o envolvimento do Departamento de Análise de Saúde e Doenças Não Transmissíveis (DASNT) da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) e da Secretaria de Atenção Especializada à Saúde (SAES).

PROADI-SUS

O PROADI-SUS é uma aliança entre seis hospitais de referência no Brasil e o Ministério da Saúde. Criado em 2009, seu propósito é apoiar e aprimorar o SUS. Isso se dá através de projetos de capacitação de recursos humanos, bem como pesquisa, avaliação e incorporação de tecnologias. Além disso, gestão e assistência especializada demandados pela Pasta.

Os hospitais que participam do programa são:

  • Hospital Alemão Oswaldo Cruz;
  • Beneficência Portuguesa de São Paulo;
  • Hospital do Coração;
  • Israelita Albert Einstein;
  • Moinhos de Vento;
  • Hospital Sírio-Libanês.


Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']