Notícias

Notícias

Segurança no carro: todas as formas de proteger as crianças 

Antes de comprar um veículo, o consumidor leva em consideração o poder aquisitivo, a tecnologia do veículo e, depois de ter filhos, a segurança da família. E para muitos, este passa a ser um quesito fundamental. “Antes de comprar o meu carro, fiz uma pesquisa para ver qual dos modelos trazia mais equipamentos de segurança como cintos de três pontos em todos os bancos, ABS e Airbag”, afirma Gustavo Lima, pai de duas crianças.

Além destas informações, quando uma criança será transportada, há outras importantes que os pais precisam saber para evitar acidentes e tragédias. O tipo de cadeirinha e a instalação correta, estão entre elas. Porém o que muitos não sabem, é que outros riscos em torno do veículo podem prejudicar ou até mesmo causar a morte de uma criança.

De acordo com o NHTSA, órgão de segurança americano, existem alguns perigos que até mesmo os pais mais cuidadosos podem esquecer. Por isso, seguem algumas dicas de como evitá-los:

Cadeirinhas

De acordo com a legislação vigente é obrigatório o uso de cadeirinhas de segurança para crianças menores de sete anos e meio, porém, a especialista em trânsito e consultora do Portal do Trânsito, Elaine Sizilo, aconselha “é importante verificar a altura e o peso da criança, se ela completar sete anos e meio e o cinto continuar passando no pescoço, deve-se adiar a retirada do assento de segurança”, afirma.

Segundo estudo realizado pelo NHTSA, o uso da cadeirinha (se corretamente instalada e de acordo com o peso da criança) diminui em até 70% o risco de morte em acidentes de trânsito.

Dicas de prevenção:

– Crianças com até um ano de idade deverão utilizar, obrigatoriamente, o dispositivo de retenção denominado “bebê conforto”;

– Com idade superior a um ano e inferior ou igual a quatro anos deverão utilizar, obrigatoriamente, o dispositivo de retenção denominado “cadeirinha”;

-Já as crianças com idade superior a quatro anos e inferior ou igual a sete anos e meio deverão utilizar o dispositivo de retenção denominado “assento de elevação”. Acima desta idade, é obrigatório o uso do cinto.

– É importante usar a cadeira sempre, mesmo em pequenas distâncias, pois muitas colisões acontecem próximo à área de destino e origem ou em ruas com baixos limites de velocidade;

– Esteja atento se a cadeirinha possui o selo de certificação de Padrões de Segurança Brasileiro (selo do Inmetro), Europeu ou Americano, uma cadeira somente recebe o selo de certificação após passar pelos testes que garantem sua eficácia no caso de colisão:

– O airbag do passageiro pode machucar seriamente uma criança que estiver sentada no banco da frente, por isso, se for transportar uma criança em camionete, desative esse dispositivo.

Atropelamento de crianças em garagens

Segundo a ONG Criança Segura, crianças menores estão em crescente risco de morte e lesão por atropelamento nas entradas de garagens. Principalmente quando o veículo está dando ré, pois a altura delas é o ponto cego do motorista.

Em 2010, segundo o Ministério da Saúde, 711 crianças morreram vítimas de atropelamentos.

Dicas de prevenção:

– Ensine as crianças a não brincar dentro ou perto de carros;

– Antes de sair com o veículo, ande em torno do veículo e verifique se a área está livre e onde estão as crianças;

– Quando for tirar o carro da garagem, coloque as crianças numa área onde você possa vê-los;

– Certifique-se de olhar para trás, enquanto tira o carro lentamente, para não ser surpreendido no caso de uma criança aparecer inesperadamento atrás do veículo;

– Tome muito cuidado se você dirigir um veículo grande, porque eles tendem a ter mais pontos cegos;

– Deixe as janelas abertas enquanto tira o carro da garagem para que você consiga ouvir o que está acontecendo fora do veículo;

– Mantenha brinquedos e bicicletas fora da garagem;

– Verifique constantemente os espelhos no momento da manobra, não confie apenas nos dispositivos para detectar o que está por trás de seu veículo.

Insolação

A maioria dos casos de crianças que são “esquecidas” dentro de veículos, ocorre devido a mudança de rotina dos pais. Outra situação comum é quando pais ou cuidadores decidem parar por pouco tempo em uma loja, padaria ou mercado, nestes casos, estes acidentes também podem ocorrer.

Uma criança pode morrer de insolação em um dia de temperatura amena. Há uma razão médica para que isso aconteça, seus organismos são diferentes dos de adultos. O corpo de uma criança pode aquecer cinco vezes mais rápido que um de adulto.

Segundo o NHTSA, a temperatura dentro de um carro pode subir 20 graus em apenas 10 minutos. Ainda, conforme o órgão, em um dia em que esteja fazendo 26º, a temperatura no interior de um automóvel fechado, pode rapidamente chegar a 40º.

Dicas de prevenção:

– Nunca deixe uma criança sozinha em um veículo;

– Nunca deixe crianças em um veículo estacionado, mesmo com as janelas parcialmente abertas;

– Mantenha um bichinho de pelúcia ou um outro brinquedo no carro. Coloque o objeto no banco da frente quando você transportar a criança, pode ser um lembrete visual;

– Crie o hábito de olhar para dentro do veículo – na frente e atrás – antes de fechar a porta e ir embora;

– Se for sair da rotina e outra pessoa for designada para deixar as crianças na creche, escola ou qualquer outro destino, lembre-se de telefonar em seguida para certificar-se de que chegaram bem.

Cuidado com janelas

As crianças podem se machucar também prendendo o dedo, a mão, ou até o pulso nas janelas dos carros. Nos Estados Unidos, inclusive, existem casos de estrangulamento de crianças.

Dicas de prevenção:

– Nunca deixe crianças sozinhas em um veículo, por qualquer motivo.

– Ensine-as a não brincar com as janelas.

– Se assegure de que enquanto estejam no carro, as crianças estejam com o cinto e na cadeirinha, evitando assim que elas acidentalmente ativem janelas e tetos solares.

– Antes de fechar os vidros, certifique-se as mãos de seus filhos, pés e cabeça, não estão perto das janelas.

– Se houver, ative o dispositivo que trava as janelas, para que as crianças não consigam brincar com os botões.

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']