Notícias

Moto

Alternativas facilitam financiamento de moto 

A moto faz parte da rotina de milhões de brasileiros como o principal meio de locomoção, sendo mais de 20 milhões delas espalhadas pelo país. Porém, neste ano, a dificuldade de crédito e as altas taxas de juros fizeram com que o setor das duas rodas sofresse uma queda de cerca de 19% no acumulado de 2012 sobre 2011 nas vendas de motos financiadas, principal meio de compra desse tipo de veículo. Para evitar uma maior desaceleração, o governo federal e alguns bancos já anunciaram medidas de estímulo ao consumo, baixando a taxa de juros e facilitando a abertura de crédito para o financiamento.

Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores e Motonetas (Abraciclo), o setor tem forte dependência de vendas a crédito, que corresponde a 46%, contudo, 2012 não está sendo um bom ano, já que apenas 20% das propostas de financiamento estão sendo aprovadas, de acordo com o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian. Com isso, alguns bancos públicos do Brasil lançaram na semana passada medidas de incentivo que irão estimular a venda de motos. Elas poderão ser financiadas sem nenhuma entrada, pagas em 36 vezes com juros menores, o que poderá melhorar a situação do setor.

Para o proprietário da Pernambuco Motos – revenda Honda, Erasmo Almeida, houve uma diminuição de 30% nas vendas neste ano em relação a 2011. “O principal público de motociclistas são as classes C, D e E, então qualquer restrição ao crédito para a compra a prazo irá adiar ou cancelar a aquisição do item”, reforça. “O setor foi muito atingido esse ano, nosso estoque está grande e por isso é importante que o governo estimule e facilite a compra para que a produção escoe”, conclui.

FONTE: Vrum

 

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *