Notícias

Notícias

Taxação dos congestionamentos em Londres provoca queda nos acidentes 

Taxação dos congestionamentos em Londres provoca queda nos acidentes

Congestionamentos em LondresA taxação dos congestionamentos foi implementada em Londres em 2003 e divide opiniões desde então. Mas um novo estudo mostra um resultado da medida que deve ser comemorado por todos: a significativa queda nos acidentes.

A pesquisa, que deve ser apresentada na Conferência Anual da Royal Economic Society nos dias 30 de março e 1º de abril, revela que o número de acidentes no trânsito da capital inglesa diminuiu 40% desde 2003. O estudo foi liderado por Colin Green, professor do departamento de economia da Lancaster University.

A taxa para os que contribuem para os congestionamentos em Londres, que passou de £5 para £11.50 no período, resultou na queda do número de carros circulando e comprovou que a medida poderia mudar o comportamento dos motoristas. Inicialmente, acreditava-se que, com menos carros nas ruas, o número de acidentes poderia aumentar, já que os veículos teriam espaço para andar mais rápido. Felizmente, porém, o resultado foi o contrário.

A pesquisa também analisou o número de acidentes ocorridos a cada um milhão de milhas dirigidas (cerca de 1,6 milhão de quilômetros) na área em que a taxa é cobrada. Antes da medida, o índice era de 12,4. Desde que a taxação foi implementada, o número caiu para 2,6 acidentes por milhão de milhas. Além disso, o declínio também foi observado fora do horário de cobrança e mesmo fora da área delimitada, uma vez que menos pessoas passavam por elas para chegar ao centro.

Os congestionamentos têm custos enormes: econômicos, de saúde e ambientais. Os resultados obtidos em Londres mostram que a taxação pode ser um mecanismo para ajudar a reduzi-los, evitando, além dos prejuízos financeiros, a perda na qualidade de vida da população.

FonteThe Guardian

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']