Notícias

Notícias

Você sabe como calcular a distância segura do veículo da frente? 

Você sabe como calcular a distância segura do veículo da frente?

Distância de segurançaVocê já deve ter passado por essa situação: está dirigindo tranquilamente e quando percebe e olha pelo retrovisor, o veículo de trás está muito próximo ao seu. Essa é uma situação comum nas ruas e estradas do país, mas que pode acabar em grave acidente. “É responsabilidade do condutor do veículo de trás evitar a colisão com o veículo da frente”, diz Celso Alves Mariano, especialista em  trânsito e diretor da Tecnodata Educacional.

Existem métodos e técnicas que auxiliam o condutor a calcular a distância de segurança entre os veículos, como é o caso da regra dos dois segundos. Porém segundo especialistas, esses métodos teóricos e práticos para ajudar o condutor a tentar calcular a distância de segurança, não ajudam muito e ainda podem desviar a atenção.  “Essa é uma técnica utilizada, porém nem sempre confiável, pois não leva em conta variáveis e fatores de risco presentes em cada situação. O bom senso ainda é o melhor método, pois instintivamente todos nós sabemos quando estamos muito próximos do veículo da frente, levando em conta a combinação dos fatores presentes em cada momento”, explica Mariano.

A distância segura depende principalmente da velocidade que se está trafegando – quanto maior a velocidade, maior deverá ser a distância de segurança. Também deve-se aumentar a distância se houver fatores adversos como pista mal pavimentada, esburacada ou molhada, situações de baixa visibilidade como chuva e neblina, e ainda ser levada em consideração as condições do veículo como eficiência dos freios e conservação dos pneus. “Alguns condutores imprudentes têm o mau hábito de dirigir perto demais do veículo da frente, e geralmente fazem isso porque gostam de desafiar o perigo confiando demais na sua habilidade ao volante, ou para serem notados pelo conduto da frente, tentando apressá-lo”, diz o especialista.

O condutor do veículo da frente pode tomar alguns cuidados para evitar acidentes com o veículo de trás: usar os retrovisores com frequência, se outro veículo “colar” atrás, não tentar fugir dele acelerando. Além disso, acionar a luz de freio, tocando de leve o pedal, diminuir a velocidade, sinalizar e facilitar a ultrapassagem e aumentar a distância do veículo da frente, para ter espaço para manobras. “Do ponto em que o condutor decide frear até o momento em que aciona o freio e o carro para, decorre um tempo por esse motivo é difícil evitar um acidente se um veículo estiver muito próximo do outro”, conclui Mariano.

Regra dos dois segundos

Para conhecimento, a regra dos dois segundos funciona da seguinte forma:

– Escolha um ponto fixo à margem da via.

– Quando o veículo da frente passar pelo ponto fixo, comece a contar.

– Conte dois segundos pausadamente.

– A distância entre o seu veículo e o que vai à frente vai ser segura se o seu veículo passar pelo ponto fixo após a contagem dos dois segundos.

– Caso contrário, reduza a velocidade e faça nova contagem.

Artigos Recomendados Para Você

3 Comentários

  1. Ana Paula Silva braga

    Entrei em uma rua ….essa rua ela tem faixas de pedestres ….estou rindo na minha no direita e virei um 500metros a minha esquerda ,parei olhei e não vir nada vindo ….então entrei na esquerda quando uma moto vinha ….sendo que tem faixa de pedestre na mão onde eu virei ….a moto bateu na traseira do meu carro ….quero saber quem está errado ….eu o a motocicleta?

  2. João Barbosa

    Não concordo com esse cálculo.
    Tudo depende da velocidade.
    Quem garante que a 120km/h consegue parar em 2 segundos? Duvido.
    Na minha opinião, a regra em vigor em Portugal está muito bem.
    Todo o veículo está em alta velocidade ou perto demais do veículo à sua frente, quando não consegue fazer parar o seu veículo no espaço livre e visível à sua frente.

  3. Márcia

    A prova de reciclagem do Detran determina distância segura como Aquela que vc tem tempo para perceber a situação de risco,e reagir ao evento.

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Politica de Privacidade.

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']