• Tecnodata Reciclagem CNH

Notícias

Opinião

Brasileiro: apaixonado por carro e futebol! 

Em 2014 o Brasil irá sediar um dos maiores eventos da atualidade: a Copa do Mundo de Futebol. Este é um acontecimento mundialmente esperado por todos, mas principalmente pelos brasileiros, que carregam o orgulho de serem os únicos pentacampeões do mundo. Em ano de copa, mesmo aqueles que não gostam muito de futebol acabam se contagiando com o clima festivo da maioria presente nas mídias, na moda, nas ruas…, enfim, em todos os lugares, inclusive no trânsito. Mesmo quando este evento ocorre em outro país, por mais distante que seja, é impossível não notar seu efeito no trânsito brasileiro: condutores e pedestres ainda mais apressados e desatentos; televisores espalhados por todos os lugares imagináveis; vendedores ambulantes nas calçadas e no meio das ruas; serviços privados e públicos interrompidos; bares e restaurantes lotados, regados a muito álcool; isso sem contar as intermináveis carreatas e buzinassos quando a seleção brasileira vence. Há pouco foram escolhidas pela FIFA as 12 capitais em que os jogos serão realizados em 2014: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Manaus (AM), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Recife (PE) e Natal (RN). Se você prestar atenção, segundo o que é divulgado nas mídias, estão citadas aqui as capitais com mais problemas de fluidez e segurança no trânsito atualmente; e com uma projeção nada animadora para o futuro, pois com o aumento contínuo na venda de veículos e nos casos de impunidade a infratores do trânsito, a situação só tende a piorar. Se a situação do trânsito brasileiro já é alarmante por si só hoje e num futuro bem próximo, como será em 2014 com a realização de um evento deste porte e um aumento considerável de pessoas em circulação nessas capitais? Será que somente os investimentos destinados para a copa serão suficientes para resolver o problema? Aguardo a sua opinião.

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *