Notícias

Opinião

Decepção: adiado para 01/09 início do prazo para exigência da cadeirinha! 

Que decepção Contran! Acredito que dessa vez era hora de endurecer as regras e não ser flexível. A Resolução 277 que regulamentou o uso das cadeirinhas foi publicada dia 28 de maio de 2008. Não, você não leu por engano, foi 2008 mesmo! Com prazo de um ano para o início das campanhas educativas por parte dos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito e com 730 dias de prazo para que os pais pudessem se adaptar a nova legislação e se adequar as novas regras. Foram dois anos de preparação, estudo e muita informação. E agora, a assessoria de imprensa do Denatran confirmou que esse prazo será estendido até 01 de setembro. Por incrível que pareça até a segurança dos filhos o brasileiro deixa para a última hora. Ai, que vergonha! Faltaram cadeirinhas nas lojas esta semana. Isto quer dizer, apenas esta semana alguns se preocuparam em comprar os sistemas de retenção. E por quê? Porque senão vão levar multa, não porque daqui para frente seus filhos estarão mais seguros dentro do carro. Se o motivo fosse a segurança, todos já estariam devidamente equipados. Esse tipo de informação me deixa triste e revoltada. Claro que é nosso dever de cidadão questionar, criticar, pedir explicações. E muitas coisas neste país estão erradas e realmente precisam de modificação. Agora, reclamar de uma lei que vem em benefício do ser mais importante deste mundo, que é o seu filho, não faz sentido. Cadeirinha não precisava nem ser lei. Tinha que ser uma compra natural, como adquirir o berço para o bebê…deveria fazer parte do enxoval! Sei que muitos vão dizer que o preço das cadeirinhas está fora da realidade brasileira. Concordo, os impostos- não só nas cadeirinhas- são muito altos e poderiam ser reduzidos para o incentivo à compra do equipamento. Porém, quem adquire um automóvel, sabe que tem que arcar com os custos do combustível, dos impostos relacionados ao veículo, e da cadeirinha, se for o caso. Se não puder arcar com estes custos, o melhor é adiar a compra, guardar um dinheiro e comprar o veículo quando puder. Esse é um assunto de extrema importância. Espero que as pessoas se conscientizem da importância da prevenção. Nesse caso, mais do que nunca, prevenir é melhor que remediar. E o melhor, só depende de nós. Agora, está em sua mão. Aproveite e dê ao seu filho todas as possibilidades de crescer em um ambiente saudável e seguro. Até o próximo post!

Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *