Notícias

Opinião

Senado endurece Lei Seca 

BRASÍLIA – A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, nesta quarta-feira, projeto de lei que inclui, como prova no âmbito da Lei Seca, o testemunho e a utilização de vídeos. Atualmente só o bafômetro e o exame de sangue são considerados provas de que o motorista estava dirigindo após consumir bebida alcoólica. A proposta também dobra a multa para quem for pego dirigindo embriagado: o valor passa de R$ 957,69 para R$ 1.915,38. Em caso de reincidência, a multa é multiplicada por dois. A matéria ainda terá que ser votada pelo plenário do Senado. Fonte: O Globo Online (12/12/12) Comentário: Medida extremamente importante. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, cerca de 50% dos mais graves acidentes de trânsito, onde a imprudência e a irresponsabilidade, em rodovias e vias urbanas, matam anualmente 40 mil pessoas, envolvem motoristas alcoolizados. É preciso punir, portanto, com o máximo rigor, os alcoolizados homicidas do volante.

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *