Trending News

Notícias

Espaço do aluno

A importância das aulas teóricas nos CFCs 

A importância das aulas teóricas nos CFCs
Foto: Freeimages.com
Aulas teóricas no CFC
Foto: Freeimages.com

Quando se fala em teoria, qualquer que seja, regra geral, as pessoas “torcem o nariz”. Isso tudo porque a teoria, muitas vezes é desvalorizada e apresentada de forma pouco interessante para os alunos. Isto ocorre, também, nos CFCs porque os alunos, futuros condutores, chegam para fazer sua matrícula perguntando como fazer para tirar sua “carteira” nunca questionam como é o processo de primeira habilitação. Levando em consideração que a carga horária teórica nos CFCs, por força de lei, é a menor que qualquer outro curso oficial, mantê-los interessados em assuntos densos como Legislação, por exemplo, é um desafio.

A pergunta do momento é: as aulas teóricas nos CFCs são importantes?

Podem ser apresentadas outras questões em resposta a anterior: as pessoas conseguem aprender de forma autônoma? Há condição de aproveitamento de temas como a Legislação, já citada anteriormente, apenas lendo as informações na Internet ou qualquer outro meio que tenha acesso?

Claro que é possível sim, tanto ter aproveitamento, como ser aprovado no exame do DETRAN, seja por sorte, ou por ter decorado ou aprendido o conteúdo. Contudo, fica aí outra questão importante: e a convivência social, tão necessária e importante no trânsito? E a possibilidade de tirar as dúvidas, discutir com os colegas, aproveitar estes momentos de interação social para aprender mais, onde ficam?

Não há como substituir isso tudo. Os CFCs, têm, em suas equipes, instrutores qualificados e preparados, que estudam profundamente os conteúdos para dar as aulas teóricas e promover a interação dos alunos no pouco tempo de que dispõem. Desta forma, o que poderia substituir o relacionamento interpessoal?

Conteúdo, a teoria propriamente dita, não é impossível aprender, mas a interação social que as aulas teóricas permitem, a experiência da convivência em grupo e a troca de informações e conhecimentos que só um bom instrutor de CFC pode oferecer jamais poderá ser obtida na Internet, mesmo que através de vídeos.

Atualmente

Que tipo de condutores estaremos formando? Se hoje o aproveitamento das aulas teóricas já é bem pequeno, se as aulas teóricas, devido a uma série de fatores que interferem no processo, não conseguem preparar os alunos para a realidade do trânsito, o que dizer dessa formação sem as aulas teóricas?

É certo que o mundo de hoje não é o mesmo de 10, 5 ou 3 anos atrás, isso é inegável. A tecnologia avança a passos largos e muito rapidamente e podemos aproveitá-la para complementar as aulas. Porém, o trânsito é o maior ambiente social que vivemos e que vai exigir sempre: respeito ao próximo, educação, empatia e tantos outros valores que devem ter sido aprendidos em casa. Esses valores são essenciais para um trânsito mais humanizado com menos acidentes e tragédias…isso só se pode obter com a troca que é promovida, na convivência com outros seres humanos. E que melhor momento do que as aulas teóricas, onde, além do que aprender conteúdos, temos a chance de reaprender a conviver com seres “reais”?

Temos que nos adequar aos novos tempos sem perder a nossa essência: somos seres sociais, vivemos em grupo. O momento das aulas teóricas no CFC nos proporciona esse convívio e resgata esse sentimento de pertencimento a um grupo.

No centro de toda essa questão social, está o conhecimento teórico necessário, não só para a aprovação no exame, mas para o dia a dia no trânsito dos futuros condutores. Mais do que isso, no futuro do trânsito das cidades.

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. JEDAIAS RAMOS DE SOUZA

    Sou instrutor teórico, a dez anos , comento com os meus alunos que 85% para tirar a CNH é teorico, e 15% pratico. Na aula teórica é onde vc vai verdadeiramente aprender como se comportar na via, o que podemos e não podemos fazer, por exeplos a linguagem do transito consiste em conhecer as placas simbolos e legendas, sem esses conhecimentos vc nunca conseguirá se comunicar no transito, o grande problema é a baixa remuneção do instrutor de cfcs, fica dificil dar aula de qualidade .

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *