Notícias

Mobilidade

Fiscalização de velocidade: qual a importância para a segurança no trânsito? 

Fiscalização de velocidade: qual a importância para a segurança no trânsito?
Foto: Pedro Ribas/SMCS

O que a fiscalização de velocidade, através dos radares, representa para a segurança no trânsito? Ouvimos especialistas e a população nas ruas. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o aumento na velocidade média está diretamente relacionado tanto à probabilidade de ocorrência de um acidente quanto à gravidade das suas consequências. Nesse sentido, o radar é considerado como uma importante e eficaz ferramenta de controle de velocidade nas cidades.

Sobre este assunto, conversamos com o coordenador da Unidade de Monitoramento por Dispositivos Eletrônicos da Superintendência de Trânsito (Setran) de Curitiba, Herick Dal Gobbo.

Herick Dal Gobbo
Herick Dal Gobbo é coordenador da Unidade de Monitoramento por Dispositivos Eletrônicos da Superintendência de Trânsito (Setran) de Curitiba. Foto: Arquivo Pessoal.

Além da importância da fiscalização eletrônica de velocidade para a segurança no trânsito, Dal Gobbo falou sobre os critérios para a escolha dos locais onde são instalados os controladores de velocidade, assim como sobre o comportamento dos condutores que ainda não respeitam os radares.

Acompanhe!

Portal do Trânsito – O que diz a legislação sobre a instalação dos radares de velocidade?

Herick Dal Gobbo – A instalação dos controladores de velocidade, popularmente conhecidos por radares, está vinculada à Resolução 798/20 do Contran, e seu anexo I – levantamento técnico. Neste dispositivo está regulamentado todo o procedimento técnico a ser adotado para a instalação destes dispositivos eletrônicos.

Portal do Trânsito – Qual é a função e importância dos radares de velocidade para a segurança no trânsito?

Herick Dal Gobbo – A principal função dos controladores de velocidade é garantir que a velocidade máxima da via seja cumprida, visando aumentar a segurança de todos que compartilham as vias, ou seja, motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres.

Portal do Trânsito – Quais são os critérios para a escolha dos locais onde são colocados os radares?

Herick Dal Gobbo – Índices de acidentalidade, locais que apresentam geometria favorável a um elevado desenvolvimento de velocidade, próximo a pólos geradores de tráfego, como hospitais, escolas, shoppings, e também por demanda da população registrada através dos nossos canais de solicitações.

Portal do Trânsito – Por que muitos condutores ainda não respeitam os radares? Onde está a falha?

Herick Dal Gobbo – Há diversos fatores que implicam no desrespeito aos radares, mas o principal é a falha na construção educacional do cidadão, quer seja no âmbito familiar, quer seja no âmbito escolar. Além disto, existe ainda uma cultura de transferência de culpabilidade, na qual o infrator busca um culpado pelos seus próprios erros e atribui, erroneamente, em muitas vezes, o Estado como principal figura pelos seus erros.

Portal do Trânsito – Quais são as penalidades para os condutores que não respeitam os radares?

Herick Dal Gobbo – Do ponto de vista material, multas médias, graves ou gravíssimas, conforme previsto no CTB, caso ultrapasse o limite de velocidade. Mas também, o desrespeito aos dispositivos, bem como à sinalização, pode ocasionar acidentes graves e/ou fatais. Importante salientar que em Curitiba os radares fiscalizam outras funcionalidades, que também geram multas conforme o CTB. Por exemplo: deixar de conservar o veículo na faixa a ele destinada, conversão proibida, parada sobre a faixa de pedestres e avanço do sinal vermelho.

Portal do Trânsito – Quais são os riscos para a segurança do condutor e do trânsito, de modo geral, quando não se respeita os radares?

Herick Dal Gobbo – Em diversos estudos realizados, a velocidade é um fator crucial em acidentes fatais, assim como a embriaguez ao volante. Neste contexto, os controladores de velocidade possuem um papel fundamental para tentar mitigar o excesso de velocidade. Assim como, garantir uma maior segurança para pedestres, motoristas, motociclistas e ciclistas.

O desrespeito a estes equipamentos pode ocasionar situações de grave risco a todos os envolvidos no trânsito.

Portal do Trânsito – E quanto à mensuração da eficiência de um radar, analisa-se quais parâmetros?

Herick Dal Gobbo – O principal indicador de eficiência de um radar está atrelado à diminuição de acidentes em locais com elevados índices de acidentalidade.

Portal do Trânsito – A população, no geral, ainda fala muito em indústria da multa, quando se fala em radares. Como seria possível reverter esse preconceito que as pessoas têm da fiscalização de trânsito?

Herick Dal Gobbo – Conscientizando-as com ações publicitárias e educativas que o objetivo não é implantar arapucas visando a arrecadação, mas sim, preservar a vida das pessoas. Todos os locais que possuem radares e lombadas eletrônicas instalados dentro do perímetro do município estão disponíveis para consulta dentro do nosso portal (transito.curitiba.pr.gov.br) e todos os dispositivos instalados estão devidamente sinalizados, conforme determina a legislação.

Portal do Trânsito – Que orientações você pode nos dar para a conscientização dos condutores a respeitar os radares?

Herick Dal Gobbo – Observo que o respeito não deve ser aos radares, e sim à vida e à sinalização vigente ao longo de toda a via, não somente num ponto específico para não receber multas. O trânsito é um ambiente coletivo. Seja como for, os controladores de velocidade têm um papel fundamental para garantir maior segurança para todos os que utilizam a via pública para se locomover. Portanto, é imprescindível que todos respeitem os limites de velocidade das vias ao longo de todo o percurso, sempre.

Portal do Trânsito – Para finalizar, por favor, deixe as suas considerações finais.

Herick Dal Gobbo – Um ponto extremamente relevante que é preciso informar à população, do ponto de vista de segurança pública, é que estes novos radares implantados em Curitiba serão pontos de captura e farão parte de um inovador sistema de cercamento eletrônico, chamado projeto Muralha Digital.

Este sistema possuirá um refinado software de inteligência. Nesse sentido, ele irá traçar perfis comportamentais de veículos que transitam dentro do município. Bem como, ajudará as forças policiais a atuarem de forma mais efetiva no combate ao crime.

Fomos às ruas para ouvir o que os cidadãos têm a dizer sobre a importância da fiscalização de velocidade para a segurança no trânsito. Veja!


Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Politica de Privacidade.

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']