Notícias

Notícias

20 tecnologias que ajudam a evitar acidentes de trânsito 

De detector de fadiga aos sistemas que indicam risco de colisões traseiras, confira o que os carros das principais montadoras possuem para aumentar a segurança do motorista

Pesquisas apontam que 90% dos acidentes nas estradas brasileiras acontecem devido à falha humana. Perda de controle do veículo, imprudência e cansaço são algumas das causas. Carros com dispositivos de segurança podem ajudar a reduzir essa estatística. As tecnologias de segurança se dividem em dois grupos: passiva e ativa. Os itens de segurança passiva, como cinto de segurança, airbag ou freios ABS, agem após a colisão e minimizam os danos ao motorista e passageiros. Já as tecnologias de segurança ativa evitam o acidente ou diminuem as chances de ele acontecer. Sistemas de monitoramento da concentração do motorista ao volante, controlador de velocidade e ou detector de distância do carro ao lado ou à frente são alguns exemplos. “Hoje em dia qualidade e segurança são itens que as montadoras mais investem porque a legislação dos países exige que os carros sejam seguros”, disse o consultor de mercado automobilístico da ADK Automotive, Paulo Roberto Garbossa.

DINHEIRO reuniu as principais tecnologias de segurança disponíveis em modelos à venda no mercado brasileiro e os que ainda vão chegar.

Volkswagen

Detecção de Fadiga – O sistema de detecção de fadiga identifica a perda de concentração do motorista e o avisa através de um sinal auditivo com cinco segundos de duração. Uma mensagem visual também aparece no painel, recomendando que o condutor pare para descansar. Caso o motorista não desligue o carro dentro de 15 minutos, o aviso é repetido. No começo de cada viagem, o sistema analisa as características de direção do motorista e avalia continuamente sinais como o ângulo do volante, uso dos pedais e aceleração. Disponível no Passat.

Adaptive Cruise Control (ACC) – Também chamado de controlador de velocidade e distância, ele oferece um importante auxílio ao motorista, acelerando e desacelerando o automóvel dependendo do fluxo de tráfego detectado pelo radar frontal. Em todas as situações, o condutor continua no comando, responsável pelas decisões à direção. O ACC é ativado por um controle posicionado no volante. O motorista seleciona a velocidade desejada, a distância a ser mantida em relação ao veículo à frente (mantendo as distâncias de segurança mínimas previstas na legislação). Disponível no Passat.

Front Assist – O sistema Front Assist, integrado ao ACC, atua como se fosse um “passageiro da frente sempre alerta”, ajudando a evitar colisões frontais, mesmo quando o ACC estiver desligado. Ele monitora o tráfego de forma contínua usando o radar frontal em velocidades entre 30 km/h e 200 km/h, relatando quaisquer situações críticas ao motorista. Disponível no Passat.

Frenagem Urbana de Emergência – Este sistema funciona em velocidades abaixo de 30 km/h e também reage a veículos parados. Se necessário, ele inicia automaticamente a frenagem para ajudar a evitar uma colisão iminente ou, pelo menos, minimizar os danos da batida. Disponível no Passat.

ESS – Disponível em modelos como Passat, Tiguan e agora no Fox e CrossFox, o ESS funciona como um alerta para evitar colisões traseiras. Toda vez que o motorista aciona o pedal de freio de forma acentuada, mantendo uma frenagem mais consistente, o sistema aciona as luzes traseiras de freio de forma intermitente, sinalizando aos demais motoristas que está havendo uma desaceleração acentuada.

Mercedes-Benz

Attention Assist – Atualmente, todos os automóveis do portfólio da Mercedes-Benz, desde os modelos de entrada, estão equipados com Attention Assist. O sistema de segurança que analisa continuamente o comportamento de direção do condutor e avisa, por meio de sinal visual e sonoro, quando características típicas de sonolência ou fadiga são detectadas. Um ícone no painel, com o desenho de uma xícara, sugere ao motorista fazer uma pausa para o “café”, ou seja, uma parada para descanso. Quando ativado, funciona automaticamente em condições de velocidade entre 80 – 180 km/h.

Intelligent Light System (ILS) – Este sistema de iluminação inteligente consiste em faróis adaptativos que podem ajustar automaticamente para cada situação, garantindo uma grande melhoria na iluminação e proporcionando maior segurança. Esse recurso inclui LED para condução diurna integrada ao para-choque dianteiro. Disponível nos modelos: C 200 Turbo Sport, C 250 Turbo Sport, C 63 AMG, GLK 300, SLK 250, SLK 55 AMG, E 250 Turbo Sport, E 350 Avantgarde Sport, E 500 Guard, E 250 Coupé Turbo, E 63 AMG, CLS 350, CLS 63 AMG Biturbo, S 63 AMG Biturbo, SL 350, SL 63 AMG, ML 350, ML 63 AMG, GL 500, GL 63 AMG.

Night View – É um sistema de assistência que produz uma representação visual da estrada no local do velocímetro. Um visor multifunções permite ao motorista uma visão mais clara do que está por vir. Ele auxilia o condutor antecipando a visualização de obstáculos nas ruas e estradas e melhora a percepção do motorista durante a condução em estradas desconhecidas. Os modelos CLS 63 AMG Biturbo e S 63 AMG Biturbo possuem o Night View como item de série. O sistema também está disponível como opcional para a ML 63 AMG.

Em breve, as tecnologias de segurança abaixo chegarão ao Brasil nas novas Classe E e Classe S.

Distronic Plus com sistema de assistência de direção – O dispositivo ajuda a manter o carro na faixa, assim como acompanhar o fluxo de tráfego semiautomaticamente.

Pre-safe Brake – Pode detectar pedestres e iniciar a frenagem automaticamente para evitar atropelamento em velocidades até 50 km/h.

Pre-safe Plus – Reconhece a iminência de uma colisão traseira. O motorista do veículo que vai atrás é alertado pela ativação das luzes de emergência traseiras com frequência acelerada. O sistema Pre-safe aciona então a proteção dos ocupantes para reduzir as forças a que serão possivelmente submetidos. No caso de ocorrer uma colisão traseira, ele também pode aplicar o freio de estacionamento do veículo automaticamente, para evitar acidentes secundários.

Active Lane Keeping Assist (ou assistente de manutenção de faixa) – Detecta quando a faixa ao lado está ocupada, inclusive a aproximação de carros no sentido contrário. Quando há risco de uma colisão, o sistema também pode evitar que o veículo deixe sua faixa de forma não intencional quando houver faixas de sinalização contínuas, aplicando os freios em um dos lados do carro. Por isso, ele é um complemento ideal para o Active Blind Spot Assist (sistema de alerta para pontos cegos).

Traffic Sign Assist (assistente de sinalização viária) – Mostra os limites de velocidade e detecta e indica zonas de ultrapassagem proibida e os seus respectivos sinais, indicando quando chegam ao fim. No caso de sinais indicando restrições de acesso, ele também pode emitir avisos visual e acústico.

Honda

Vehicle Stability Assist (VSA) – Disponível no Civic e CR-V, ele melhora a estabilidade do veículo. O sistema aplica força de frenagem independente a cada uma das quatro rodas e, ao mesmo tempo, interage com os sistemas de aceleração, funcionamento do motor e controle de tração.

Motion Adaptive Electric Power Steering (MA-EPS) – O Motion Adaptive Electric Power Steering ou Direção Elétrica Adaptável ao Movimento, atua em conjunto com a tecnologia VSA, que pode ficar mais rígido caso o motorista tente movimentar o volante de forma que provoque instabilidade.

Fiat

Anti Slip Regulation (ASR) – Esse sistema de controle de tração intervém automaticamente no caso do veículo patinar. Ele otimiza a tração com o auxílio dos freios e do controle motor. O ASR pode ser desativado através de um botão localizado no painel. Disponível nos modelos Bravo T-Jet, Fiat 500.

Tire Pressure Monitoring System (TPMS) – O sensor de pressão de pneus (TPMS) é um dispositivo que avisa sobre eventuais anomalias nos pneus por meio de um aviso sonoro e uma indicação luminosa no painel.

Electronic Stability Program (ESP) – O sistema eletrônico de estabilidade garante completo controle do carro e entra em ação quando percebe condições que ameaçam sua estabilidade. O dispositivo permite que o motorista domine o carro enquanto as condições são normais, intervindo no momento em que situação torna-se crítica. Disponível no Bravo T-JET, no Fiat 500, Fiat Freemont.

Electronic Rollover Mitigation (ERM) – Ele funciona em conjunto com o ESP, que por si só já minimiza a possibilidade de capotamento do veículo no decorrer de uma manobra brusca. O ERM é um software que auxilia o condutor a manter as quatro rodas no chão. Com base na variação do ângulo do volante e na velocidade do veículo, o sistema identifica a situação de capotamento e intervêm nos freios e na direção para evitar o acidente. Disponível no Fiat Freemont.

Trailer Sway Control (TSC) – O estabilizador TSC é outro novo conteúdo de segurança, exclusivo do Fiat Freemont: ajuda veículo e trailer se manterem estáveis. Trata-se de um sistema inteligente de controle, que intervém no comportamento do carro. Aplica automaticamente a correta ação de frenagem sobre as rodas, mantendo o controle e eliminando o balanço do reboque.

Fonte: Isto É Dinheiro

Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Politica de Privacidade.

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']