Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

14 de julho de 2024

Acidente causado por ofuscamento: como evitar

Uma tragédia ocorrida no interior do Paraná chamou a atenção para uma condição adversa bem conhecida e que pode colocar em risco a segurança: o ofuscamento.


Por Mariana Czerwonka Publicado 07/11/2023 às 08h15
Ouvir: 00:00
Acidente causado por ofuscamento
Uma das formas de evitar acidentes causados por ofuscamento é o uso do para-sol. Foto: ZaHarD para Depositphotos

Uma tragédia ocorrida no interior do Paraná chamou a atenção para uma condição adversa bem conhecida e que pode colocar em risco a segurança: o ofuscamento. O Instituto de Criminalística de Londrina (PR) concluiu que o sol foi o grande “causador” de um acidente de trânsito que matou quatro crianças no distrito de São Luiz. De acordo com a perícia, o motorista, de 73 anos, foi “cegado” pelo sol. O acidente aconteceu no dia 14 de setembro, quando as crianças voltavam da escola, em um trecho da PR-538.

Esse é um dos fatos que comprova que não é a toa que especialistas em trânsito tentam readequar o termo acidente para sinistro de trânsito. Essa requalificação, de acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), quer destacar que os acidentes de trânsito, na maioria das vezes, não são acidentais, e sim, provocados. Além disso, que são passíveis de prevenção.

No caso citado, uma conhecida condição adversa- muito estudada em conteúdos de Direção Defensiva- foi a causa principal de um sinistro que resultou na morte de quatro crianças.

“A luz é um fator de segurança, mas ela se torna uma condição adversa quando está em falta ou excesso”, argumenta Celso Mariano, especialista e diretor do Portal do Trânsito & Mobilidade.

Ofuscamento

Ofuscamento é uma cegueira momentânea causada pelo excesso de luz em nossos olhos. A vista humana pode levar até 7 segundos para se recuperar de um ofuscamento. Um veículo, a uma velocidade de 80 km/h, poderá percorrer até 155 metros antes que seu condutor recupere a visão plena.

Uma das formas de evitar sinistros causados pela incidência direta de raios solares é o uso do para-sol. “É possível evitar a incidência frontal de raios solares com o uso desse equipamento que é obrigatório em todos os veículos”, afirma Mariano.

Veja dicas de como evitar o ofuscamento:

  • Uso de óculos de sol: ele reduz a fadiga ocular, o risco de ofuscamento e a cegueira temporária.
  • O para-sol deve sempre ser extensível e dobrável e utilizado apenas em momentos específicos de grande brilho, pois reduz o campo de visão.
  • Uso de óculos polarizados com cristais e de cor esverdeada, cinza ou marrom.
  • Se houver o ofuscamento, o condutor deve reduzir a velocidade e nunca realizar paradas bruscas.
  • Se o condutor estiver dirigindo na linha de frente do sol, é possível parar e esperar 5 minutos para o sol mudar de direção.
  • Para o condutor que estiver dirigindo por muitas horas com a incidência de luz solar, o ideal é fazer paradas regulares para descansar os olhos.
  • Ligar sempre a luz baixa, se o veículo não possuir luzes diurnas (LCD) – dessa forma é possível perceber melhor quem se aproxima, além de ser visto a uma distância maior.
  • O condutor nunca deve dirigir com óculos de sol à noite ou em áreas escuras ou túneis.
  • Ir anualmente ao oftalmologista também é uma dica de segurança.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *