Notícias

Notícias

Amazonas é o segundo mais violento na Região Norte, diz IBGE 

Dos mais de 13 mil óbitos registrados em 2011 no Amazonas, 880 foram mortes por causas violentas, incluindo acidentes de trânsito. Jovens e pessoas do sexo masculino foram as maiores vítimas. O total restante é representado por mortes por causas naturais. Os números são da pesquisa Registro Civil 2011 realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado nesta segunda-feira (17).

O Amazonas é o segundo Estado da Região Norte com o maior número de ocorrências. O Pará lidera o ranking: das 28,1 mil mortes, 3.875 foram violentas. Rondônia vem em seguida, com 840 óbitos violentos, que compreendem homicídios, acidentes de trânsitos e quedas acidentais.

Os percentuais mais elevados de óbitos masculinos nos grupos etários de 15 a 29 anos decorrem, especialmente, da mortalidade por causas violentas ou acidentais, que são o terceiro principal grupo de causa de óbitos na população em geral e a primeira entre os jovens de 15 a 24 anos. No Amazonas morreram de forma violenta 739 homens e 141 mulheres.

Redução de acidentes de trânsito

Em Manaus, de acordo com informações do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), em 2011 foram registradas 279 mortes no trânsito. Este ano, o registro teve uma redução de 15,8% totalizando, 235 mortes.

De acordo com informações do diretor-presidente do Manaustrans, Walter Cruz, a cada dez mil veículos, o índice de vítimas fatais registrado hoje é de 4,07 vítimas. É o menor fator registrado nos últimos 12 anos, desde que o trânsito foi municipalizado. Para Cruz, os números são resultados de um trabalho intenso em diferentes setores do trânsito como educação, fiscalização e engenharia. “Criamos normas e regras também, como a colocação de gradis”.

Fonte: Em Tempo

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *