Trending News

Notícias

Notícias

Aplicativo android agiliza multas 

Aplicativo android agiliza multas

Aplicativo de multasA Polícia Militar (PM) agora conta com um aplicativo eletrônico que proporciona maior agilidade na aplicação de multas de trânsito, em Mato Grosso. O novo sistema que vem sendo usado desde ontem consiste na utilização de tecnologia android com o uso de um aplicativo específico instalado em 100 smartphones.

“Esse aplicativo denominado talonário digital proporciona celeridade ao trabalho do policial militar, principalmente, no que diz respeito à checagem de veículos e dos condutores. Anteriormente, tínhamos que usar o sistema de comunicação via rádio ou telefone e aguardar o retorno dessa checagem. Hoje, com o aplicativo, o policial ao fazer a abordagem consegue checar na hora se o veículo tem alguma restrição”, explicou a comandante do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTran), major Grasielle Bugalho.

Foi o que aconteceu na manhã de ontem durante blitz do Batalhão de Trânsito, no trevo de acesso ao bairro Morada do Ouro, em Cuiabá. O motorista Luiz Monteiro, 45 anos, foi um dos abordados e aprovou a novidade. “É um projeto bom. A gente tem compromisso e não pode ficar muito tempo parado”, comentou.

Hoje, com o aplicativo, em 30 segundos é possível fazer uma checagem. Havendo notificação, em três minutos pode-se concluir o serviço e liberar o motorista (o tempo varia de acordo com a quantidade notificações).

Outro benefício é quanto às notificações, que eram feitas em talonários de papel e, por isso, muitos autos de infração acabavam sendo são cancelados ou anulados devido a rasuras, erros ou por estarem ilegíveis. Agora, a expectativa é que a ferramenta reduza o número de recursos contra multas de trânsito.

Também poderão ser feitas fotos ou imagens para comprovar a irregularidade no trânsito, além da possibilidade de abordagem de veículos roubados ou furtados. “Todo o efetivo Batalhão de Trânsito vai atuar com o talonário digital tanto aqui no perímetro urbano como nas rodovias estaduais, principalmente, da Baixada Cuiabana”, reforçou a major explicando que as notificações também poderão ser feitas via off line.

O investimento é da ordem de R$ 350 mil na aquisição da tecnologia e no treinamento do efetivo do BPMTran. A intenção é que o projeto cresça e que todas as unidades da Polícia Militar futuramente passem a utilizar a ferramenta.

Fonte: Diário de Cuiabá

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *