Notícias

Notícias

Carli Filho vai a júri popular 

Carli Filho vai a júri popular

Carli Filho vai a júri popularDecisão do TJ/PR leva o ex-deputado acusado de matar dois jovens em um acidente de trânsito em 2009 ao júri popular

Depois de um adiamento, a 1.ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR),  decidiu por unanimidade que o ex-deputado Luiz Fernando Ribas Carli Filho vai responder por homicídio com dolo eventual (quando o agente assumiu o risco de matar).  Também por unanimidade de votos foi decidido que o teste de alcoolemia de Carli Filho não terá validade. O exame foi realizado sem o consentimento do acusado, enquanto ele estava inconsciente no Hospital Evangélico, com amostras de sangue colhidas judicialmente do laboratório da instituição de saúde.

Votaram na sessão os desembargadores Telmo Cherem, que é o relator do caso, Campos Marques e Benjamim Acacio de Moura e Costa.

Lembre o caso

Era madrugada do dia 07 de maio de 2009. Gilmar Rafael Yared, 26, e Carlos Murilo de Almeida, 20, voltavam de um shopping e seguiam em um Honda Fit branco. No outro veiculo, Fernando Ribas Carli Filho, 26, na época deputado estadual, havia saído de um restaurante e estava alcoolizado. Carli Filho estava no Passat SW preto e dirigia com a carteira de habilitação suspensa. Com 24 multas por excesso de velocidade, 5 delas na rua do crime que tem velocidade máxima permitida de 60 km por hora.

O Honda Fit branco freou e entrou devagar na rua quando o Passat preto do deputado que, devido à velocidade e o desnível da rua, decolou. Voando, colidiu com o primeiro carro e veio a capotar. Ao passar sobre o carro branco, decapitou Carlos e Gilmar.

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']