Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

15 de julho de 2024

Curso de Enfermagem realiza ação educativa


Por Mariana Czerwonka Publicado 06/09/2012 às 03h00 Atualizado 09/11/2022 às 00h07
Ouvir: 00:00

Acadêmicas do 7º período do curso de Enfermagem do CEULP/ULBRA realizaram intervenção no hall da instituição, na manhã desta quinta-feira, 06. A ação educativa teve como tema a prevenção e conscientização de acidentes no trânsito, realizada como atividade da disciplina Estágio Supervisionado em Enfermagem, orientada pela professora Jessimira Soares Muniz Pitteri.

 

 

A ação simulou vias de trânsito no corredor da entrada dos alunos e foram dispostas cruzes ao longo do caminho. No fim da “rua”, houve a simulação de um acidente com uma motocicleta danificada pelo acidente e o suposto corpo do piloto estendido no chão.

 

Imagens marcantes de acidentes foram expostas ao som da paródia, criada pelas acadêmicas, que orienta os demais alunos à conscientização e cuidado no trânsito. Foram distribuídos questionários que moviam o estudante a pensar em como cada um pode contribuir para a redução de morte e acidente no trânsito e quais atitudes conscientes podem ser feitas para tanto. As acadêmicas também distribuíram adesivos do projeto da Secretaria do Transporte, “Vida no trânsito”, que foi parceira na ação.

A acadêmica Damarys Curcino, uma das realizadoras da intervenção, explica que a maioria das pessoas sabem do perigo no trânsito e das possíveis consequências desencadeadas, mas não pensam sobre o assunto. “Essa ação educativa vem justamente para sensibilizar o olhar automatizado dos condutores de veículos e pedestres. E o resultado foi atingido: muitos vieram a nós relembrando momentos trágicos no trânsito e contando histórias de familiares que se envolveram em acidentes. O que mais sensibilizou os acadêmicos foram as imagens reproduzidas. São cenas fortes que nos fazem pensar”, explica Damarys. A organização da atividade ainda relatou que já recebeu muitos convites para apresentar a intervenção em outros locais, principalmente em escolas.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *