Notícias

Notícias

Econômico, carro híbrido é eficiente em engarrafamento 

Carro híbrido no Brasil

Cada vez mais comum por conta da necessidade de diminuição na emissão de poluentes, os carros híbridos têm aparência comum aos outros. Sua única diferença é na motorização.

Chamados de veículos do futuro, os híbridos têm essa definição por conta da sua alta autonomia e baixa emissão de poluentes.

Graças à combinação de um motor com combustão interna e outro elétrico, a força é aproveitada e se reduz o desperdício de energia. Ao juntar o funcionamento dos motores, é possível conseguir resultados significantes tanto em consumo quanto em emissão de poluentes. O funcionamento em conjunto desses motores proporciona melhor aproveitamento de potência em diversas situações. Geralmente, os carros híbridos costumam utilizar o motor elétrico em situações do cotidiano, como nos engarrafamentos. Com o para e anda do transito das grandes cidades, o sistema elétrico é eficiente por conta do seu baixo gasto de energia e por não utilizar muita potência.

O motor a combustão fica para as outras funções, que necessitam de mais potência e, consequentemente, consomem mais combustível. O motor a combustão também pode ser utilizado para recarregar o motor elétrico. Essa troca de elétrico para combustível é feita automaticamente, conforme a leitura do tráfego.

Em sistemas mais modernos, é possível recarregar o sistema que não usa combustão com a energia adquirida na frenagem. Um conversor transforma o atrito das pastilhas e discos de freio em energia elétrica.

Pouco no Brasil

Os carros híbridos e elétricos são mais comuns em países europeus e nos Estados Unidos graças a incentivos fiscais dos governos locais. Fora, há maior preocupação com a emissão de poluentes. No Brasil, ainda há poucos modelos movidos eletricamente. O valor de um híbrido ainda é muito superior a veículos semelhantes a gasolina ou álcool.

Fonte: Terra Brasil

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *