Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024

Governo pode trocar IPI maior para carros importados por cotas


Por Mariana Czerwonka Publicado 07/08/2012 às 03h00 Atualizado 10/11/2022 às 18h45
Ouvir: 00:00

SÃO PAULO – O governo estuda uma nova ação para manter os incentivos ao setor automotivo. A ideia é substituir o os 30 pontos percentuais sobre o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) por cotas de importação. De acordo com matéria da revista IstoÉ Dinheiro, a medida deve ser adotada junto com o novo regime automotivo que será apresentado ainda este mês. Medida Com a proposta do governo, as cotas serão adotadas com base na média das vendas dos últimos três anos. Segundo a revista, a partir desse limite estabelecido pelas cotas para cada uma das montadoras, seria cobrado o adicional de 30 pontos do IPI. Com essa decisão, o IPI dos carros importados voltam ao normal: de 7% nos automóveis com motores de até 1,0 litro, de 11% nos equipados com motores entre 1,0 e 2,0 litros movidos a etanol (flex), e de 13% nos veículos entre 1,0 e 2,0 litros movidos a gasolina. Para os carros com motorização acima de 2,0 litros, o IPI é de 25%. FONTE: InfoMoney

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *