Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

17 de julho de 2024

Veja como funcionam as normas para realização de corridas de rua

Os condutores que passarem por ruas bloqueadas para a prática esportiva, que geralmente ocorre em horários com menor fluxo de veículos nas ruas como os domingos ao amanhecer, devem ter paciência.


Por Thabita Yuri Publicado 03/07/2024 às 11h30
Ouvir: 00:00
corrida de rua
Condutores devem respeitar as orientações dos fiscais de corridas de rua. Foto: Arquivo Pessoal

A corrida de rua, considerado o esporte mais antigo e popular do mundo, continua ganhando cada vez mais adeptos. Uma atividade que pode começar como hobby ou exercício para sair do sedentarismo, mas que pode se tornar um vício. Quem começa a correr tem grandes chances de tomar gosto pelo esporte e até participar de maratonas. Prova disso, é que em 2022, houve a realização de mais de 1.100 corridas em todo país, segundo pesquisa da Tickets Sports. Foi divulgado também em 2023, que a estimativa da Strava é que há hoje 13 milhões de corredores em todo o país.

Apesar de ser um esporte comum, existe um regulamento padrão que deve ser respeitado para a segurança dos corredores e o controle do trânsito na cidade. A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) é a única entidade dirigente do Atletismo no Brasil, filiada à World Athletics com poder para oficializar eventos de atletismo em todas as suas formas (pista e campo, corridas de rua, marcha atlética, cross country, corrida em montanha, corrida em areia, corrida em trilha, corridas de obstáculos militares, dentre outros) em todo o território nacional.

O Portal do Trânsito separou as principais normas para uma corrida de rua ideal.

Atendimento médico

A organização deve indicar um Diretor Médico para a prova e providenciar atendimento médico, com número de ambulâncias expostas de apoio proporcionais ao número de inscritos e condições climáticas. No mínimo uma ambulância UTI fixa na chegada e outra acompanhando o percurso.

Delegado técnico

O profissional deve acompanhar a prova em uma motocicleta, para garantir o cumprimento das Regras de Competição da World Athletics, as Diretrizes da IAU e Normas da CBAt.

Guarda volumes

Os organizadores devem providenciar guarda-volumes no local de largada e chegada da prova para todos os participantes, garantindo o transporte dos itens.

Banheiro

Banheiros químicos devem estar à disposição dos participantes no local de largada e chegada da prova e ao longo do percurso.

Marcação

Os organizadores devem pintar as linhas de largada e chegada, com largura de 5 até no máximo 30 centímetros, em qualquer cor que contraste com o piso.

Fechamento de ruas

É preciso fechar todo o percurso ao tráfego de veículos, com exceção de veículos oficiais, para a duração do evento até o tempo de corte publicado. A liberação do tráfego na largada ocorrerá após o último corredor começar. Já, a liberação na chegada acontecerá após todos os corredores terminarem ou se atingir o tempo limite.

Parecer técnico

O organizador deverá encaminhar para a CBAt ou Federação, parecer de viabilidade técnica do percurso pelos órgãos competentes (controladores de tráfego e órgão de segurança autoridade de trânsito) até 15 dias antes da data do evento.

Estação de abastecimento

Os organizadores devem montar as estações, fornecendo água e isotônicos gratuitamente para todos os participantes no percurso e na área de chegada. Devem estar presentes os árbitros em todas as estações, para garantir que o tratamento fornecido seja justo e denunciar quaisquer violações.

Seguro

Os organizadores deverão contratar uma apólice de seguro de responsabilidade apropriada para cobrir os riscos ou quais danos que possam ser imputadas à organização da prova. Dessa forma, incluindo qualquer acidente com atletas, árbitros e staff.

Segurança

A segurança dos participantes, staff e árbitros deve ser a principal preocupação dos organizadores da corrida. Corridas devem respeitar todas as leis municipais, estaduais e nacionais. Assim como, cooperar plenamente com autoridades locais, a polícia e as administrações de saúde para assegurar o bom andamento da prova, a segurança de todos os participantes e causar mínima perturbação para os moradores locais.

Apesar de ser uma atividade simples, as normas garantem uma corrida justa e com segurança para os atletas. É bom lembrar àqueles que querem começar a correr, a sempre passar por uma avaliação médica e física. O ideal é começar de uma forma tranquila, sem se preocupar em fazer percursos longos. E, depois, ir aumentando o tempo aos poucos, até começar a buscar velocidade e resistência para alcançar a linha de chegada.

Cuidados com o trânsito no local da corrida

Os condutores que passarem por ruas bloqueadas para a prática esportiva, que geralmente ocorre em horários com menor fluxo de veículos nas ruas como os domingos ao amanhecer, devem ter paciência. Além disso, precisam respeitar as orientações dos fiscais da prova.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *