Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

24 de julho de 2024

Para reduzir mortes no trânsito, SP firma acordo com mais municípios


Por Mariana Czerwonka Publicado 26/03/2017 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 22h28
Ouvir: 00:00
Redução de acidentesAlckmin destaca a importância do projeto para reduzir as mortes no trânsito. Foto: Gilberto Marques/A2img

Nessa semana foi dado mais um passo do programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, que tem como objetivo reduzir pela metade o número de óbitos no trânsito até 2020. Em nova audiência, o governo paulista amplia o número de convênios com 16 novos municípios estratégicos.

Este é o terceiro grupo de cidades que estão assinando a parceria em 2017, incluindo Americana, Araçatuba, Barueri, Bragança Paulista, Campinas, Embu das Artes, Franca, Franco da Rocha, Guarujá, Hortolândia, Mauá, Piracicaba, Rio Claro, Santa Bárbara D’Oeste, Santana do Parnaíba e Santo André.

“Assinamos um protocolo de intenção para que, em no máximo 60 dias, possamos firmar o convênio e repassar o dinheiro para a prefeitura”, explicou o governador Geraldo Alckmin durante encontro com os prefeitos das cidades escolhidas. “Nós identificamos onde é que tem acidente de trânsito, qual é a esquina ou onde faltou a calçada, por exemplo. A partir daí, o dinheiro é repassado para que o município possa fazer a intervenção e evitar acidentes”, completou Alckmin.

O objetivo desses convênios é fornecer auxílio para a estruturação da gestão da segurança viária em cada um dos municípios selecionados e dar apoio financeiro para a realização de ações para reduzir mortes no trânsito.

Com o início da parceria, serão realizadas visitas de diagnóstico para a elaboração de planos de ação contendo medidas preventivas e de melhorias com relação à infraestrutura, fiscalização e conscientização. Além disso, nesses municípios, será proposta a criação de um Comitê de Segurança de Trânsito, com representantes dos órgãos e setores com atuações relacionadas ao tema.

Balanço

Segundo o INFOSIGA-SP – Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo, ferramenta técnica que contabiliza e divulga mensalmente os óbitos decorrentes de acidentes de trânsito nos 645 municípios paulistas, apenas nessas 17 cidades, 671 pessoas morreram vítimas de acidentes de trânsito em 2016, sendo a maioria homens (79%). Houve redução de 7% em relação a 2015, quando 720 pessoas morreram nesses locais.

Em relação à faixa etária, 121 eram jovens entre 18 e 24 anos de idade. Em segundo lugar aparecem os idosos, com 115 vítimas fatais com 60 anos ou mais.

Acidente com motociclistas foi a principal causa das fatalidades, com 240 casos. O segundo lugar ficou por conta dos pedestres, com 173 vítimas fatais, seguidos pelos ocupantes de veículos, com 128 pessoas.

A meta do Governo do Estado de São Paulo é fechar 2017 com 52 novos municípios conveniados este ano, que somados aos 15 já existentes de 2016, irão cobrir 71% do Estado em termos populacionais. O investimento, proveniente de multas do Detran.SP, será de R$ 100 milhões.

Para mais informações sobre as metodologias do INFOSIGA-SP e INFOMAPA-SP, acesse: http://www.infosiga.sp.gov.br/relatorios/Nota_T%c3%a9cnica_Infosiga_Infomapa_SP.pdf.

As informações são do Portal do Governo de SP

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *