Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

22 de julho de 2024

Tempo e qualidade no deslocamento estão entre as prioridades de RH para reter talentos


Por Assessoria de Imprensa Publicado 01/03/2022 às 16h30 Atualizado 08/11/2022 às 21h14
Ouvir: 00:00

Modelo híbrido de trabalho coloca o transporte e a qualidade no deslocamento entre as estratégias de RH para 2022, conforme aponta levantamento do Fretadão junto aos Gestores de RH.

Entre as tendências mais importantes para a gestão de pessoas em 2022 estão os novos modelos de trabalho, os pacotes com benefícios diferenciados, como a qualidade no deslocamento, e o foco no bem-estar e saúde mental dos colaboradores, segundo gerentes e diretores de empresas de todo o Brasil.

O levantamento foi feito pelo Fretadão, startup de tecnologia para gestão de transporte fretado, com 500 gestores de Recursos Humanos e 500 colaboradores de áreas diversas para mapear as maiores preocupações e mudanças de comportamentos ocorridas neste momento de definição da jornada híbrida de trabalho.

“Oferecer boas opções de mobilidade para os colaboradores como parte do novo pacote de benefícios para engajar e reter talentos nas empresas tem refletido no aumento da procura pelos serviços prestados pelo Fretadão”, afirma Antonio Carlos Gonçalves, CEO do Fretadão.

O bem-estar e a saúde emocional dos colaboradores aparece como o item mais lembrado por gestores de pessoas. Mais de 50% dos funcionários tem intenção de valorizar ainda mais o seu bem-estar e saúde emocional. Além disso, sua relação com a rotina de trabalho após a pandemia. Como exemplo, o tempo e qualidade no deslocamento para o trabalho aparece como uma importante variável para reter talentos nas empresas. “A partir do momento que está claro que os colaboradores consideram cada vez mais o bem-estar, cabe às equipes de Recursos Humanos buscarem políticas, ações internas, campanhas e benefícios que garantam este equilíbrio entre vida profissional e pessoal”, conta Antonio Carlos.

Transporte fretado cresce nas empresas

Outra tendência importante para este ano é a consolidação dos diferentes modelos de trabalho. Segundo as empresas, 56% dos empregados tiveram alteração na forma de trabalho durante a pandemia. E a principal mudança é em relação ao trabalho presencial, sendo que apenas 10% dos times devem voltar presencialmente às empresas. Isso fez com que gestores de RH precisassem criar novos modelos de atuação. Muitas vezes com adoção de transporte fretado, para que os colaboradores se sintam acolhidos e ouvidos por elas.

Preocupação com mobilidade urbana se torna uma das prioridades dos RHs

A terceira tendência indicada pelos gestores e colaboradores é um desejo de revisitar os benefícios oferecidos pelas empresas. Isso está ligado às novas formas de trabalho e novas escolhas dos funcionários em termos de bem-estar. Assim, os gestores de pessoas estão se adaptando e buscando benefícios diferenciados e em linha com os novos pensamentos dos colaboradores. Isso inclui, por exemplo, cuidar melhor da mobilidade destes, dos espaços de trabalho remoto e equipamentos para a realização das tarefas. “Temos percebido este movimento no Fretadão, pois somos procurados por gestores de RH que querem oferecer um transporte com conforto e qualidade para seus colaboradores. As empresas estão usando a criatividade, bem como se adaptando às novas necessidades e exigências dos funcionários”, encerra Antonio Carlos.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *