Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

16 de julho de 2024

Dilma aprova lei que dá desconto fiscal para veículos de cargas


Por Talita Inaba Publicado 23/01/2013 às 02h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h51
Ouvir: 00:00

A presidente Dilma Rousseff sancionou uma lei de incentivos para a aquisição de caminhões e equipamentos ferroviários. O texto foi publicado na última terça-feira (15) no Diário Oficial da União e permite a redução de 48 para 12 meses no prazo de apuração da depreciação de caminhões, vagões, locomotivas, locotratores e tênderes.

A Lei 12.788/2013 substitui a Medida Provisória 578/2012, que estava em vigor desde agosto do ano passado. A norma se utiliza de um instrumento contábil, beneficiando as empresas tributadas com base no lucro real. O objetivo é, também, estimular a venda dos veículos que contam, atualmente, com taxa de depreciação de 20% ao ano. Com a depreciação acelerada, essa taxa pode ser multiplicada por três, o que diminui a base de cálculo do imposto de renda.

Segundo o texto sancionado pela presidente, a apuração da depreciação acelerada vale a partir de 1º de janeiro deste ano. A nova lei é importante para os setores rodoviário e ferroviário, além de ter efeitos para a competitividade nacional. No entanto, para a Confederação Nacional do Transporte (CNT), apesar de positiva, a medida deveria ser ampliada para outros modais, como é o caso do aquaviário. Com isso, a marinha mercante e os equipamentos portuários seriam beneficiados, servindo de incentivo para investidores privados no âmbito do Programa de Investimentos em Logística anunciado pelo Governo Federal em dezembro do ano passado.

Fonte: Agência CNT de Notícias

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *