Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

24 de julho de 2024

Roubo de cargas gerou R$ 1,2 bilhão de prejuízos ao País em 2022: mercado cria soluções para aumentar a segurança nas estradas

Cartão Despesa, do TruckPag Bank, foi desenvolvido para evitar uso de dinheiro em espécie e reduzir perigos nas rodovias. Inovação está sendo apresentada na TranspoSul 2023.


Por Assessoria de Imprensa Publicado 24/06/2023 às 18h00
Ouvir: 00:00

Uma pesquisa divulgada recentemente pela Associação Nacional de Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística) revelou que a região Sudeste continua sendo a que concentra o maior número de casos de roubo de cargas em todo o Brasil. De acordo com o estudo, impressionantes 85,18% das ocorrências registradas no País em 2022 ocorreram na região. Em seguida, pela ordem, vêm as regiões: Sul (6,12%), Nordeste (4,66%), Centro-Oeste (2,81%) e Norte (1,23%). Em termos financeiros, as perdas de cargas roubadas geraram aproximadamente R$ 1,2 bilhão em prejuízos no ano passado.

O estudo também identificou os produtos mais visados por quadrilhas e criminosos em geral: alimentos, combustíveis, produtos farmacêuticos, autopeças, materiais têxteis e de confecção, cigarros, eletroeletrônicos, bebidas e defensivos agrícolas estão entre as mercadorias de maior interesse para os criminosos. Esses itens têm alto valor no mercado ilegal e são de fácil comercialização, o que os torna alvos atrativos para ladrões de cargas.

Diante do panorama preocupante, o mercado tem criado soluções inovadoras para aumentar a segurança nas estradas e proteger as mercadorias em tráfego.

Um exemplo é o Cartão Despesa, desenvolvido pelo TruckPag Bank, banco digital pertencente à startup de meios de pagamento para frotas TruckPag.

“Opera como um cartão de débito que pode ser carregado com valores específicos para serem utilizados em viagens. Todos os gastos durante o percurso do motorista podem ser cobertos por meio do Cartão Despesa, eliminando a necessidade de portar dinheiro em espécie e, assim, aumentando a segurança nas estradas”, explica Thiago Ghesti, head de negócios do TruckPag Bank.

“É uma solução projetada para proteger os motoristas, e, por tabela, as cargas, reduzindo os riscos de roubos e proporcionando maior tranquilidade durante o trajeto”, completa.

O Cartão Despesa do TruckPag Bank está sendo apresentado ao mercado durante a 23ª edição da TranspoSul, Feira e Congresso de Transporte e Logística. Ela aconteceu semana passada, em Porto Alegre. “O produto foi lançado em março, inicialmente para cerca de 350 clientes do TruckPag Bank. Mas, na TranspoSul é a primeira vez que o Cartão Despesa está sendo apresentado ao público em geral”, destaca Thiago Ghesti.

Articulação

O combate ao roubo de cargas no Brasil tem sido uma “causa abraçada” pelo setor privado, pelas autoridades governamentais, pelas entidades representativas do setor de transporte bem como pelos órgãos de segurança pública. Um exemplo da articulação foi a aprovação da Lei Complementar nº 121/06, em 2006, que estabeleceu o Sistema Nacional de Combate ao Crime. O objetivo foi fortalecer as ações de enfrentamento ao roubo de cargas em todo o País.

A articulação aliada à inovação são fundamentais para desenvolver abordagens mais eficazes na luta contra o problema. Ou seja, a colaboração entre os setores é essencial para combater o roubo de cargas. Além disso, promover soluções que beneficiem não apenas as empresas e os motoristas, mas a sociedade e o País como um todo. 

“Enfrentar a questão requer uma abordagem abrangente e multifacetada, que englobe a legislação, o investimento em tecnologias de segurança, o treinamento dos profissionais envolvidos, além da conscientização da população sobre os impactos negativos desse tipo de crime. Somente com esforços conjuntos e a busca contínua por soluções inovadoras é possível reduzir significativamente o roubo de cargas e garantir um ambiente mais seguro para o transporte de mercadorias em todo o território nacional e para a sociedade brasileira”, enfatiza Kassio Seefeld, CEO da TruckPag.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *