Notícias

Notícias

Motoristas devem facilitar a passagem de veículos de socorro 

Todos que convivem com o trânsito das grandes cidades provavelmente já passaram pela situação de encontrar uma ambulância ou carro do Corpo de Bombeiros pedindo passagem. Espera-se o bom senso dos motoristas, por se tratar de uma situação de emergência, seja aberta a passagem para estes veículos; porém muitas vezes isso não é o observado. Até mesmo por cautela dos motoristas evitando uma possível multa por subir com o carro na calçada ou outra ação anormal. O Código Brasileiro de Trânsito prevê punição aos motoristas que não liberam o tráfego para veículos de emergência, como ambulâncias, carros da polícia e do corpo de bombeiros. Impedir a passagem destes veículos pode atrapalhar diversas situações de socorro que necessitam de urgência. É comum entre os condutores o medo de sair da pista ou cometer alguma infração permitindo a passagem de ambulâncias, mas, caso uma multa seja emitida em uma ação deste tipo, o condutor pode sempre recorrer explicando a situação. Muitos serviços de emergência como o SAMU possuem em seus sistemas as informações do trajeto de seus veículos, podendo confirmar se um deles estava próximo no momento da multa. Encaixam-se nesta situação veículos de emergência que estejam com sinal de luz ligado, seja sirene ou luz intermitente. Eles têm prioridade para pedir passagem. Para o Presidente do SindsegSC, Sr. Paulo Lückmann, esta é uma questão importante no trânsito, pois por se tratar de uma situação extraordinária, muitos motoristas não sabem como reagir. “São situações imprevisíveis onde agir rapidamente facilita muito o trabalho de profissionais em emergências”, completou o presidente do SindsegSC.[8] Este texto faz parte do programa Cultura da Convivência, idealizado pelo SindsegSC em 2013 com o objetivo de trazer dicas que estimulam o respeito e o bom senso em situações do dia a dia no trânsito das cidades. As dicas são divulgadas mensalmente no Portal SindsegSC e ficam também disponíveis no menu SindsegSC / Responsabilidade Social e Ambiental / Trânsito – Conscientização / Edição 2013. Fonte: Segs.com

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']