Notícias

Notícias

Número de mortos por atropelamento passa de 7,5 mil no país em 2013 

Número de mortos por atropelamento passa de 7,5 mil no país em 2013

Atropelamento de pedestres no BrasilSão Paulo é a cidade com o maior número de mortes por atropelamentos. Especialista diz que é preciso ampliar fiscalização e aumentar punição

Mais de 7,5 mil pessoas morreram atropeladas, em 2013, em todo o país. São Paulo é a cidade com o maior número de mortes por atropelamentos. Os números até recuaram um pouco, mas ainda são muito altos, mais do que se um avião cheio tivesse caído. Se levar em conta as vítimas de todos os tipos de acidentes, são mais mortos do que em muitas guerras e epidemias.

Muitas mortes no Brasil ainda acontecem por causa de acidentes. São Paulo é a cidade com o maior número de mortes por atropelamento: 510 pessoas morreram depois de serem atropeladas no ano de 2013. Esse e o dado mais recente do Ministério da Saúde. Em todo o país foram quase 7,6 mil pessoas.

O levantamento ainda é preliminar, mas os números mostram uma redução em relação ao ano anterior tanto nas mortes por atropelamentos quanto nas mortes por qualquer tipo de acidente de trânsito.

Ainda assim, o Brasil e São Paulo permanecem muito atrás de outros países e cidades. Nova York, nos Estados Unidos, tem quase 8,5 milhões de habitantes e, ano passado, 178 pessoas morreram atropeladas. O poder público achou muito e reduziu a velocidade permitida nas ruas. O máximo agora é 40 quilômetros por hora, e a cidade tem dez anos para zerar o número de mortes por atropelamento.

Para o vice-presidente da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, o Brasil ainda precisa fazer muito: ampliar a fiscalização nas ruas, aumentar a punição para quem cometer irregularidades e, principalmente, ter cidadãos mais conscientes. “Começa de si mesmo a mudança. Eu tenho que saber que comigo acontece sim, que eu sou vulnerável, que eu sou mortal”, afirma Roberto Douglas.

Fonte: Globo.com

 

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *