Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

04 de março de 2024

Número de radares em rodovias federais aumentará 8 vezes até 2015


Por Mariana Czerwonka Publicado 15/10/2009 às 03h00 Atualizado 10/11/2022 às 19h11
 Tempo de leitura estimado: 00:00

As rodovias federais brasileiras vão ficar sem radares de velocidade até março de 2010. Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a fiscalização não é feita desde 2007, quando foi encerrado o contrato com o consórcio que prestava esse serviço. A partir do próximo ano, o órgão pretende instalar 2.696 equipamentos em um prazo de cinco anos. O investimento é de R$ 1,4 bilhão. De acordo com o edital do Ministério dos Transportes, serão instalados 1.138 lombadas eletrônicas (também conhecidas como barreiras eletrônicas, mostram a velocidade para o motorista no momento da infração), 1.106 radares fixos (aparelho em postes) e 452 controladores de avanço de sinal vermelho (aparelho usado em trechos urbanos).

Saiba mais na reportagem do G1.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *