Notícias

Notícias

Quem julga e como são julgados os recursos das multas de trânsito? 

Quem julga e como são julgados os recursos das multas de trânsito?

A falta de uniformidade na interpretação durante os julgamentos é um dos principais problemas enfrentados por quem solicita o recurso junto à Jari

E o desconhecimento das leis de trânsito é a principal causa da negação de recursos dos motoristas multados em São Paulo e em outras cidades do país.
Essa é a visão dos dois especialistas – o ex- secretário municipal de trânsito de Curitiba, Marcelo José Araújo; e o promotor de justiça Cássio Mattos Honorato.
Uma Jari é um conselho de julgadores, composto não apenas de representantes do poder público, mas também da sociedade. Em Curitiba, por exemplo, há 3 juntas do gênero, que julgam em média 1,8 mil recursos de multas a cada mês, dos quais 7,5% são deferidos.
Dicas de como recorrer
Uma dica de Marcelo é juntar o máximo possível de documentação ao recurso, o que facilita a análise do julgador. “Muitas vezes as pessoas admitem o erro e apresentam uma justificativa, mas não demonstram o que alegam no processo. Atestados médicos, por exemplo, comprovando que naquele dia houve uma emergência, são provas importantes do que se argumenta”, explica.


Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *