Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

12 de julho de 2024

Rodovias mineiras tem final de semana com 12 mortes em acidentes


Por Talita Inaba Publicado 03/12/2012 às 02h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h56
Ouvir: 00:00

O fim de semana foi violento nas rodovias federais mineiras no final de semana. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), 12 pessoas morreram em acidentes nas estradas e 132 ficaram feridas. Entre à meia-noite de sexta (30) e domingo (2), foram registrados 212 acidentes. No sul de Minas, um filho atropelou e matou a própria mãe sem querer em um acidente na BR-267, em Campanha, no sábado (1). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, Maria Augusta Carvalho, de 66 anos, morava na zona rural da cidade e caminhava pela rodovia em direção à cidade, quando foi atingida pela moto conduzida pelo filho, Luiz Augusto Carvalho Ferreira, de 31. Na região metropolitana de Belo Horizonte, no domingo (2), um casal em uma moto morreu em uma batida na BR-381, na altura km 494, próximo a Betim, no sentido São Paulo. O piloto da motocicleta Yamaha perdeu o controle da direção e saiu da pista. Bebida e volante A imprudência no trânsito foi combatida pelas blitze da Lei Seca na capital mineira no sábado(1) e domingo (3), quando 164 motoristas foram parados pela polícia. Segundo o balanço da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), cinco pessoas foram flagradas com o teor etílico acima de 0,34, o que é considerado crime. Os motoristas foram multados, tiveram a carteira de habilitação recolhida e responderão a processos criminais. Já 11 motoristas cometeram infrações de trânsito ao estarem com o teor etílico entre 0,14 e 0,33 ou se recusarem a fazer o teste. Eles receberam uma multa e tiveram as CNHs recolhida. Seis pessoas se negaram a soprar o bafômetro. Fonte: R7

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *