Notícias

Notícias

Saiba quais são os cuidados para andar de bike 

Saiba quais são os cuidados para andar de bike
Os efeitos das atividades físicas no corpo humano são inegáveis.

Você tem medo de pedalar na cidade? Uma área do município ou mesmo uma determinada via pode ser perigosa em certos momentos do dia, porém, pode ser muito tranquila em outros horários. Qualquer veículo é perigoso quando mal conduzido. Um local pode ser mais ou menos complicado, a diferença está na maneira de conduzir a bicicleta. Quem opta pela bicicleta como meio de transporte nas cidades precisa estar atento às leis e às características da via utilizada. Isso facilita o trânsito e pode evitar acidentes. Muitas pessoas têm medo de pedalar, pois não se sentem seguras com relação ao trânsito. No entanto, é preciso saber que grande parte da segurança no trânsito depende em muito das atitudes que tomamos. EQUIPAMENTO BOM O dia em que você se sentar em uma bicicleta de qualidade e sair pedalando, vai descobrir que pedalar pode ser muito bom. Olhe para a cidade, observe a liberdade e não fique olhando para as restrições que os meios de transporte motorizados nos obrigam a encarar. Bicicletas oferecem a liberdade de ir para onde quisermos e fugir de avenidas, conhecendo aquela face da cidade que o automóvel esconde naturalmente. Se o ciclista seguir algumas poucas regras básicas de pilotagem, o risco de acidente cai praticamente a zero. Sempre haverá a possibilidade de alguma tensão ou conflito, mas será bem mais difícil a ocorrência de acidentes. O importante é o ciclista entender que, enquanto pedala e conduz a bicicleta, ele é de fato um ciclista, e não um motorista ou motociclista. A bicicleta acelera, mantém a velocidade e desacelera de uma maneira completamente diferente de qualquer veículo motorizado. Com isto assimilado, a relação do ciclista com o trânsito passa a ter particularidades que precisam ser respeitadas. PERIGOS Fenômeno recente e muito preocupante para todos é o uso indevido e abusivo de vidros escuros nos veículos, o que não permite o importante contato visual com o motorista. Para o ciclista, em particular, a convivência no trânsito com esses veículos representa uma situação de alto risco, uma vez que não permite saber para onde está voltada a atenção ou a visão do condutor. Capacetes podem ser úteis caso o ciclista venha a ser atingido, no entanto, não é esse o principal objetivo do equipamento. Não caia no mito de que usar um capacete seja a medida mais importante relacionada à segurança do ciclista. O melhor mesmo é procurar não ser atingido por qualquer que seja o veículo. Um dos maiores erros que as pessoas cometem quando começam a pedalar é fazer exatamente os mesmos trajetos que faziam quando dirigiam veículos. É reconhecidamente melhor e mais prudente adotar outros caminhos, optando por ruas com menor volume de carros, com trânsito mais lento e naturalmente menos agressivo. ILUMINE-SE É óbvio demais não é? Bem, se é tão óbvio, porque então a maioria das pessoas que pedalam à noite anda sem luzes de sinalização? Pisca-piscas são baratos. Faróis são tão importantes quanto às luzes traseiras. Procure pelos novos modelos com LED. Normalmente é mais seguro ocupar a faixa inteira, ou pelo menos pedalar um pouco à esquerda, ao invés de pedalar muito próximo ao meio-fio. O segredo de se vestir corretamente para pedalar é sempre lembrar que, com o exercício, seu corpo vai aquecer. Convém iniciar a pedalada com um pouco menos de roupa, e assim poder receber a sensação do frio, porém sempre utilizar vestimentas adequadas que deixem o corpo respirar. ACIDENTES Acidentes com ciclistas, em grande parte, são causados por eles mesmos. Quase todos os acidentes têm responsabilidade direta ou indireta do próprio condutor da bicicleta, seja por distração, por desrespeito à sinalização, por falha mecânica, por erro de cálculo e até mesmo pela falta de bom senso e uma certa dose de paciência. Deixar a bicicleta com a manutenção sempre em dia também é uma forma de evitar prejuízos maiores. Ciclistas, aprendam a conduzir a bicicleta corretamente e não sofrerão acidentes. Fonte: Diário do Grande ABC

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *