Notícias

Notícias

Sobe o número de mortos em acidentes de trânsito na Angola 

Ao todo, 3.239 pessoas morreram e 12.177 ficaram feridas em consequência de 16.615 acidentes de trânsito registados nas estradas da Angola, entre Janeiro e Setembro deste ano, revelam dados da Direcção Nacional de Viação e Trânsito (DNVT).

Com o aumento cada vez maior de pessoas mortas nas rodovias, os acidentes de trânsito constituem hoje a terceira causa de morte em Angola, o que acontece por desrespeito às regras e regulamento a legislação de trânsito.

Os dados da Direcção Nacional de Viação e Trânsito revelam ainda que as cidades de Benguela, Huíla, Huambo, Kwanza-Sul, Kwanza-Norte e Luanda são as que apresentam o maior índice de acidentes.

As ultrapassagens irregulares, o não uso de acessórios de segurança por motociclistas e a utilização de celulares ao volante estão entre as principais causas dos acidentes de trânsito no país.

Preocupados com a situação, a Direcção Nacional de Viação e Trânsito realizou, no dia 31 de Outubro, nas zonas de Cacuaco, Catete, Camama, Benfica, Funda, Viana e na Mutamba, u­ma campanha de educação e prevenção rodoviária.

Durante a atividade, foram distribuídos 400 capacetes,  500 boletins informativos e 400 coletes refletivos. As ações de sensibilização nas zonas periféricas e pontos estratégicos da cidade de Luanda vão continuar até ao dia 18 de Novembro, altura em que encerra a segunda fase da campanha denominada “Usa a cabeça, usa o capacete”, patrocinada pela BP-Angola.

Fonte: Jornal de Angola


Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *