Notícias

Notícias

Bicicleta será atração do trânsito em Curitiba 

Durante o mês de setembro a bicicleta será a grande atração do trânsito em Curitiba. Esse é o objetivo do Arte Bicicleta Mobilidade, que reúne eventos culturais e políticos para incentivar e cobrar do poder público o uso de meios de transporte mais limpos na capital. Para iniciar as atividades, ocorre hoje à noite o Desafio Intermodal, uma competição para ver qual modal é mais rápido e o menos poluente. Outra ação que marca o mês acontece em 22 de setembro, no Dia Mundial sem Carro, quando será realizada a “Mar­­cha das Mil Bikes”. Os organizadores estimam que se 10% dos motoristas deixassem seus veículos motorizados em casa, 38 milhões de quilos de poluentes deixariam de ser jogados na atmosfera anualmente.

O Desafio Intermodal vai colocar lado a lado para competir a bicicleta, o carro, o ônibus, a motocicleta, pedestres, um corredor e duas pessoas com problemas de acessibilidade. Esta é a terceira edição do evento. Nas duas anteriores, a bicicleta foi a grande vencedora. Pesquisadores da Universidade Federal do Paraná e do Instituto de Tec­­nologia para o Desenvolvimento (Lactec) vão analisar a emissão de poluentes, tempo e gastos de cada modal, além de colher dados subjetivos, como índice de satisfação e estresse.

Cálculos do projeto Ciclovida, programa de extensão da UFPR, mostram que uma pessoa que mora a 10 quilômetros do trabalho e faz o trajeto sobre duas rodas queima 21 mil calorias por mês e pode perder até três quilos. Além disso, deixa de emitir 96 quilos de poluentes e economiza cerca de R$ 150 mensalmente. Hoje apenas 2% dos curitibanos usam o modal como alternativa de transporte.

Saiba mais na reportagem da Gazeta do Povo.

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *