Notícias

Notícias

Viajando com as crianças: cadeirinhas são indispensáveis 

Viajando com as crianças: cadeirinhas são indispensáveis
A regra vale para as redes pública e privada de saúde.

Criança na cadeirinha

Pediatra ensina a usar equipamento corretamente

A Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determina que bebês de até um ano sejam transportados no bebê-conforto. Já as crianças de 1 a 4 anos devem utilizar cadeirinhas, e para as de 4 a 7 anos e meio, é obrigatório o uso de um booster preso no cinto de três pontos. Transportar crianças sem o equipamento no carro é uma infração gravíssima, e o motorista que descumprir a lei receberá multa e pontos na carteira.

Com a chegada das férias o uso do equipamento é essencial, porém não basta utilizá-lo, é preciso fazer isso da forma correta. O pediatra do Hospital e Maternidade São Luiz, criador do portal Pediatria em Foco (www.pediatriaemfoco.com.br), Dr. Marcelo Reibscheid, alerta: “O uso inadequado do equipamento traz uma falsa sensação de segurança, o que pode tornar os pacientes ainda mais perigosos”, e complementa: “A criança na cadeirinha consegue desenvolver atividades lúdicas durante o passeio. Dessa maneira, fica menos inquieta. Com isso, o motorista consegue se concentrar melhor no trânsito”.

Descubra como posicionar a criança de forma adequada em cada cadeirinha e qual modelo ideal para o seu filho.

• Siga rigorosamente o manual de instalação do fabricante.

• Guarde o manual de instruções da cadeirinha para futuras consultas.

• Quando a criança for transportada no banco traseiro, é preferível utilizar o assento do meio. Essa atitude simples diminui a chance de trauma em caso de acidente. Porém, lembre-se, o cinto utilizado deve ser o de três pontos.

• Nos casos em que a criança pode ser transportada no banco da frente, afaste o máximo possível o banco do para-brisa.

Bebê-conforto

É indicado para recém-nascidos de até 9kg (ou até completar um ano) e deve ser colocado de costas para o banco da frente do carro. Alguns modelos são acopláveis aos carrinhos do bebê.

Cadeira de segurança

Crianças de 01 a 04 anos devem utilizar o equipamento de retenção chamado de cadeirinha. As tiras da cadeira devem estar acima dos ombros e ajustadas ao corpo da criança com um dedo de folga..O cinto de segurança do carro deve passar pelos locais indicados da cadeira e ela não deve se mover mais que 2cm para os lados, após fixação da cadeira,é necessário a utilização do clipe de segurança. Este acessório trava o cinto de segurança do carro, evitando que ele fique solto. Leia atentamente as instruções da cadeira de segurança e o manual do carro. Nunca coloque nada entre a criança e a cadeira.

Cuidado com roupas grossas ou acolchoados entre a criança e as tiras da cadeira de segurança. Estes materiais podem comprimir em um acidente, provocando um afrouxamento e afetando a proteção da cadeira de segurança.

Boosters

São assentos que fazem com que a criança fique mais alta. Dessa maneira, ela pode usar o cinto de segurança do próprio carro, sem problemas, desde que ele seja de três pontos. Esse assento pode ou não ter um encosto. O uso é obrigatório para meninos e meninas e 4 a 7 anos e meio, e é proibido para menores de quatro anos, que devem fazer uso das cadeirinhas. “Os principais erros cometidos pelos motoristas que transportam crianças são: cadeirinha frouxa ou mal instalada; equipamento virado para o lado errado; assento pequeno ou grande demais para a criança e cinto de segurança largo. Também está errado um adulto sentado no banco traseiro querer retirar a criança da cadeirinha com o carro ainda em movimento”, completa Dr. Reibscheid.

Com informações da Assessoria de Imprensa


Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *