Notícias

Notícias

Acidentes na estradas já mataram mais de 500 pessoas este ano 

Acidentes na estradas já mataram mais de 500 pessoas este ano
STF decide que é crime fugir do local do acidente. Foto Pixabay.com

Os acidentes rodoviários provocaram neste ano 502 mortos, menos 13,8% do que no mesmo período de 2011, segundo dados revelados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR). No dia em que se assinala o Dia Mundial em Memória das Vítimas das Estradas, a ANSR (reunindo números da PSP e GNR) indica que, entre 1 de janeiro e 7 de novembro deste ano, 502 pessoas morreram em acidentes rodoviários, menos 81 que no mesmo período de 2011, em que morreram 583. O distrito do Porto foi aquele em que os acidentes provocaram mais mortos (70), seguido do distrito de Lisboa (58) e do de Leiria (42). Já os distritos com menos vítimas mortais este ano são Évora, com nove, e Bragança, com 10 mortos. Os números da ANSR indicam também que os desastres causaram 1.742 feridos graves, menos 15,8% do que em 2011, quando ficaram gravemente feridas 2.071 pessoas. A ANSR diz também que até 7 de novembro foram contabilizados 33.127 feridos ligeiros, contra os 34.040 do ano passado, representando uma diminuição de 2,6%. Estes dados dizem respeito às mortes no local do acidente ou durante o percurso para o hospital e não incluem as regiões autónomas dos Açores e da Madeira. O Dia Mundial em Memória das Vítimas das Estradas, que este ano se assinala com o tema “Hoje é dia de aprender com o passado”, é assinalado neste domingo em várias cidades do país. Segundo a ANSR, o espírito deste dia é o público reconhecimento “da memória daqueles que perderam a vida nas estradas e ruas portuguesas”, significando também uma “ajuda aos sobreviventes a conviver com o trauma de memórias dolorosas resultantes de acidentes rodoviários”. O dia foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) e é assinalado em todos os países da União Europeia. Em Portugal, as cerimónias são promovidas pela “Estrada Viva – Liga Contra o Trauma”, ao qual se associam a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e a Direção-Geral de Saúde, que vão realizar a simulação de um atropelamento numa passadeira e uma sessão solene que vai contar com a participação de testemunhos de familiares. No distrito de Braga, a GNR, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e os bombeiros promovem uma campanha de sensibilização e prevenção de acidentes de trânsito aos condutores. Fonte: Record

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']