Trending News

Notícias

Notícias

Alerta: texto sobre aumento do valor de multas de trânsito é falso 

Alerta: texto sobre aumento do valor de multas de trânsito é falso

Valor das multas de trânsitoEstá circulando nas redes sociais um texto falso que supostamente divulga novas regras em relação ao trânsito

Não acredite em tudo que lê nas redes sociais. Vá atrás, procure se informar e só depois que tiver certeza da veracidade da mensagem, compartilhe. Se tivesse feito isso, Jaqueline B. S. não teria repassado o texto falso que recebeu em sua conta pessoal que comunicava sobre o aumento no valor de algumas multas. “Olhei e me assustei. Na ânsia de alertar meus amigos e familiares, não percebi que estava repassando um texto mentiroso”, conta a internauta.

O texto sinaliza que algumas infrações de trânsito passariam a ter valores de multas muito maiores do que os cobrados atualmente. Por exemplo, uso de películas escuras, faróis queimados, defeito no limpador de para-brisa e não parar para passagem de pedestres seriam infrações com multas de mais de R$ 200,00.

Além disso, um carro em estado ruim flagrado pela autoridade constituiria em uma multa de mais de R$ 3 mil ao proprietário, além do veículo apreendido.

Outra multa que teria aumento seria a de dirigir falando ao celular, que passaria para R$ 574,00.

“Alguns valores realmente mereceriam um reajuste e uma atenção especial, como é o caso do uso do celular, até por sua participação como causa de muitos acidentes que temos visto por aí, mas nada mudou em relação a esse e aos demais assuntos na legislação de trânsito”, afirma Celso Alves Mariano, especialista em trânsito e diretor da Tecnodata Educacional.

A última grande mudança em relação aos valores das multas aconteceu em novembro de 2014 e refere-se a prática de rachas e ultrapassagens irregulares.

Depois de tudo isso, Jaqueline aprendeu a lição. “Agora, antes de compartilhar qualquer coisa, faço uma busca e só repasso quando tenho certeza que o assunto é verdadeiro”, finaliza.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *