Notícias

Instrutor e CFC

Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no Estado 

Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no Estado
Foto: Divulgação AESP.

*Matéria atualizada em 27/08/2020 às 17h50 com declaração do Detran/SP

As dificuldades na execução das aulas teóricas remotas são várias: instabilidade de conexão, falta de suporte e erros técnicos. Essa afirmação é da AESP e confirmada por vários instrutores ouvidos pela reportagem.

 Resumo da Notícia

  • Aulas teóricas na modalidade remota foram permitidas pelo Contran durante a pandemia.
  • Em São Paulo, são inúmeros os relatos de problemas enfrentados pelos CFCs.
  • A solicitação é que o Detran/SP autorize a aula presencial, mesmo com limitação reduzida.
Aulas teóricas remotas em São Paulo
Foto: Divulgação AESP.

A autorização do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para que as aulas teóricas sejam feitas na modalidade remota, enquanto durar a pandemia, tem como objetivo agilizar o processo de habilitação para que nem candidatos e nem Centros de Formação de Condutores saiam prejudicados. De acordo com relatos, porém, não é isso que está acontecendo em São Paulo.

As reclamações são inúmeras: instabilidade do sistema, falta de suporte e erros técnicos. Vários instrutores de trânsito do Estado, ouvidos pela reportagem, têm depoimentos muito parecidos. “No período da noite é praticamente impossível dar aula, pois não faz o reconhecimento facial dos alunos e quando consegue fazer no início, geralmente não faz no final. Isso conta como aula perdida”, relata um dos instrutores ouvidos pelo Portal, que pediu para não ter o nome divulgado.

O mesmo instrutor disse, ainda, que o curso teórico está sendo muito prejudicado.

“O curso que era pra durar 12 dias está levando mais de 20, devido à instabilidade na plataforma. Quando era presencial conseguíamos finalizar em nove dias, sem problemas”, conta.

Outros problemas

Simone Vantini, que também é instrutora de trânsito em São Paulo, diz que há uma semana não consegue abrir a aula. “A plataforma não roda, a gente liga no suporte, não atende. Quando atendem dizem que está com instabilidade, mas que vai voltar depois de 40 minutos. Não volta. Faz uma semana que não consigo abrir uma aula, muito menos concluir”, afirma.

Outra instrutora de trânsito, que também relata diversos problemas enfrentados, é Gisele Almeida. Um deles, segundo ela, é com a captação de imagens para biometria facial. “São somente cinco tentativas de reconhecimento facial do instrutor, se não consegue bloqueia a aula. Entrei em contato com a plataforma, questionando essas cinco vezes. Isso, para mim, é um absurdo. Em uma das aulas, o sistema tirou 193 vezes a foto e não consegui entrar na aula”, diz Almeida.

A profissional contou que as dificuldades acontecem, também, no meio da aula.

“Instrutores entram na plataforma iniciam a aula. No meio, o sistema derruba o instrutor, ou ainda, derruba todos os alunos da plataforma. Na semana passada ficamos das 07h da manhã até às 20h e não conseguimos ministrar uma aula”, argumenta.

Conforme os relatos, os alunos não compreendem que o problema é com a plataforma e com o Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran/SP) e acabam culpando as autoescolas. “Tivemos que expor a realidade e mostrar aos cidadãos que é algo que foge da nossa vontade”, aponta Almeida.

A AESP, que é um movimento de autoescolas de São Paulo,  afirma que essa modalidade de ensino está sendo um caos para o setor, e pede que o Detran/SP estude a possibilidade de autorizar o curso teórico presencial com restrições. Para a AESP, pode estar funcionando para alguns, mas deve ser acessível para todos.

Outro ponto de vista

Ainda que em menor quantidade, há relatos de profissionais que estão conseguindo dar aulas e gostando da modalidade remota. É o caso de Fabiano Leonel, de Indaiatuba.

Ele conta que no início foi complicado, mas que após a adaptação, aprovou o novo método de ensino. “Conforme fomos praticando, foi ficando mais fácil. Eu percebi que não é difícil e se você treinar bastante, em duas ou três aulas, já pega bem o sistema”, informou ao Portal.

O instrutor disse que os alunos também aprovaram o sistema. “A maioria dos meus alunos aprovou a aula remota, principalmente as mulheres. É só abrir o link, fazer o reconhecimento facial e começar a aula. Não precisa pegar Uber ou ônibus. É muito mais fácil”, acredita Leonel.

Fabiano Leonel atribui as dificuldades encontradas pelos outros CFCs a fatores externos.

“A internet no Brasil não é 100% confiável, tem muitas quedas e oscilações de sinais. Além disso, tem a questão estrutural do CFC. Ele precisa estar preparado, ter bons equipamentos e internet de alta velocidade. O computador precisa ter bastante memória. A plataforma passa a configuração ideal, tanto do aluno quanto da autoescola”, acredita.

E o Detran/SP?

Entramos em contato com o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran/SP) e questionamos sobre as providências que estão sendo tomadas pelo órgão em relação às plataformas homologadas e também sobre a possibilidade da volta da aula teórica presencial, mesmo com turmas reduzidas.

Segundo o órgão, o Detran/SP tem feito ajustes no sistema para aprimorar ainda mais os serviços oferecidos. Para que os alunos de primeira habilitação tenham mais agilidade na realização das aulas teóricas, o sistema CNHSP passará por ajustes. O comunicado está disponível no site – www.detran.sp.gov.br.

A retomada das atividades dos Centros de Formação de Condutores começou em junho, com aulas práticas e teóricas, além do exame de rua. Recentemente, também foi liberado o cadastro de novos alunos para a primeira habilitação.

O órgão estadual de trânsito trabalha para oferecer soluções e garantir mais autonomia aos CFCS. Na semana passada, o Governo de São Paulo iniciou a reabertura gradual dos postos de atendimento do Poupatempo, que passam a incorporar os serviços do Detran.SP.

Além de expandir a capilaridade dos serviços prestados, transformando unidades do Detran.SP em postos Poupatempo, a medida resultará em atendimento público de qualidade, de forma presencial e remota, pelo celular, por meio do Poupatempo Digital.

Artigos Recomendados Para Você

14 Comentários

  1. Adriano Santana

    Se não for uma plataforma boa, terão problemas. Recomendo o SEMAP da SEARCH TECNOLOGIAS pois já usamos identificação facial no curso pratico desde julho de 2019. É uma empresa com tecnologia de ponta. Não abriremos mão das aulas REMOTAS, pois reduz o custo na sua totalidade e ainda nos permite ganhos extras como material didático e veiculação de mídias de empresas do ramo automotivo

  2. Fabio Andriotti Brito

    A realidade é exatamente essa. A empresa que presta esse serviço, não está conseguindo suportar a demanda. Problemas a todo o momento, você perde tempo e paciência. O Detran.SP precisa fazer algo, o mais rápido possível.

  3. Detran/SP amplia capacidade da sala de aula teórica nos CFCs para 50% - Portal do Trânsito

    […] Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no Estado  […]

  4. IN Trânsito Detran/SP amplia capacidade da sala de aula teórica nos CFCs para 50%

    […] Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no Estado […]

  5. Despachante Novo Mundo » Detran/SP amplia capacidade da sala de aula teórica nos CFCs para 50%

    […] Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no Estado […]

  6. Romeu Despachante » Detran/SP amplia capacidade da sala de aula teórica nos CFCs para 50%

    […] Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no Estado […]

  7. Gordo Despachante » Detran/SP amplia capacidade da sala de aula teórica nos CFCs para 50%

    […] Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no Estado […]

  8. Cacique – Auto Escola e Despachante » Detran/SP amplia capacidade da sala de aula teórica nos CFCs para 50%

    […] Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no Estado […]

  9. Jura Despachante » Detran/SP amplia capacidade da sala de aula teórica nos CFCs para 50%

    […] Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no Estado […]

  10. Agência de Despachos 59 » Detran/SP amplia capacidade da sala de aula teórica nos CFCs para 50%

    […] Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no Estado […]

  11. MAX Despachante » Detran/SP amplia capacidade da sala de aula teórica nos CFCs para 50%

    […] Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no E… […]

  12. Jura Despachante » Detran/SP amplia capacidade da sala de aula teórica nos CFCs para 50%

    […] Autoescolas de SP afirmam que aulas teóricas remotas não estão funcionando no E… […]

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *