Notícias

Notícias

Bahia é o Estado nordestino com o maior número de mortes no trânsito 

Bahia é o Estado nordestino com o maior número de mortes no trânsito

Mortes no trânsito da BahiaDados divulgados pela Seguradora Líder DPVAT, administradora do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre no país, apontam o alarmante índice de acidentes no trânsito com morte no estado. Em comparação com os outros oito estados nordestinos, a Bahia é líder quando o assunto é o pagamento de indenizações por morte em acidentes de trânsito, com 22,35% dos casos.

Apesar da redução de 307 casos de 2012 para 2013, o estado continuou na frente, com o pagamento 3.452 indenizações no ano passado. No Brasil, a maior parte foi paga a familiares de vítimas entre 18 a 34 anos, a maioria envolvendo acidentes com motocicletas.

No total, em 2013, o Brasil atendeu a 507.915 pedidos de indenizações, sendo eles 60.752 por mortes de trânsito, 352.495 por invalidez permanente e mais de 94 mil por despesas médicas, um crescimento de 25% em relação ao ano de 2012.

Seguro obrigatório criado com o objetivo de indenizar vítimas de acidentes de trânsito, sem seja ele motorista, passageiro ou pedestre, o DPVAT é cobrado anualmente, junto ao IPVA e ao licenciamento do veículo.  Atende nos casos de morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares.

Perfil dos acidentes

Na Bahia, os acidentes fatais que deram margem ao pagamento de indenizações em 2013, foram, a maioria, envolvendo motocicletas (47%), seguidos de automóvel (40%), caminhão (10%) e por último ônibus (3%). No Brasil, os acidentes com motos seguem liderando o ranking de indenizações gerais representando 71% dos casos. Na maioria das vezes, o condutor é a principal vítima.

Outro índice alarmante constatado no balanço da seguradora foi o aumento dos casos de solicitação de compensação por invalidez permanente. De 2012 para 2013, o número de indenizações nesta modalidade subiu de 31% para 34% no Nordeste, levando em conta o quadro nacional.

Entre as vítimas, os homens aparecem como a maioria esmagadora. Das indenizações pagas, o sexo masculino aparece em 76% dos casos solicitados em todo o Brasil, liderando entre as vitimas por invalidez, morte e solicitação de despesas médicas.

Só de veículos licenciados no estado, a Bahia possui mais de 3 milhões automóveis, entre motos, carros de passeio, caminhões  e ônibus, segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito, na última atualização, feita em novembro do ano passado.

As vítimas de acidentes podem solicitar o pagamento da indenização através de um dos postos do DPVAT no estado, levando, além da documentação pessoal, o boletim de ocorrência do acidente. No entanto, a documentação exigida varia de acordo com o tipo de indenização.

Fonte: Tribuna da Bahia

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']