Notícias

Notícias

Balanço do feriado aponta que mortes em rodovias caíram 35% 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou queda de 35% no número de mortes durante o feriado de Corpus Christi de 2013 em estradas federais em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo balanço divulgado nesta segunda-feira, houve queda de 10% na taxa de acidentes e de 13% no índice de pessoas feridas. Neste ano, a PRF não fez operação nacional, pois alguns Estados não realizaram feriado prolongado. No entanto, o órgão informou que houve intensificação de policiamento e operações temáticas em todo o País entre os dias 29 de maio e 2 de junho.

Durante os cinco dias de fiscalização, foram contabilizados 33.976 acidentes (contra 37.392 em 2012), com 1.413 mortes (foram 2.173 em 2012) e 18.173 feridos (ante 20.906 em 2012). Os dados também levam em conta o cruzamento com a frota de veículos, que em 2012 era de 73,1 milhões de veículos e, atualmente, está em 77,8 milhões.

Conforme a PRF, foram realizados 35.435 testes de embriaguez, que resultaram em 749 autuações e 253 prisões em flagrante por desrespeito à proibição de beber e dirigir.

Rio de Janeiro contabiliza seis mortes

Segundo a PRF, nas rodovias federais do Estado do Rio de Janeiro, seis pessoas perderam a vida e 90 ficaram feridas neste feriado. Foram registrados 217 acidentes nos quatro dias de fiscalização especial. Somente na rodovia Presidente Dutra, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo, foram 164 acidentes, com 78 feridos e quatro mortes. No mesmo período do ano passado, seis pessoas morreram e 81 ficaram feridas em 181 acidentes em rodovias federais no estado.

Nas estradas estaduais do Rio foram registrados 73 acidentes, com 69 vítimas com ferimentos leves. De acordo com o balanço divulgado pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV), nenhuma pessoa morreu durante o feriado de Corpus Christi. No ano passado, no mesmo período, foram registradas cinco mortes em 164 acidentes com 115 feridos.

De acordo com o comandante do BPRV, tenente-coronel Victor Yumes, a redução do número de acidentes deve-se ao maior efetivo de agentes nas estradas e ao trabalho de conscientização junto aos motoristas.

Feriado tem 38 mortes em estradas paulistas

O número de mortes nas estradas paulistas durante o feriado prolongado de Corpus Christi de 2013 apresentou queda de 19% em comparação ao ano passado. Segundo informações divulgadas nesta segunda-feira pelo Comando de Policiamento Rodoviário, 38 pessoas morreram este ano nas rodovias de São Paulo. Em 2012, ocorreram 47 mortes no período.

Dos 30 acidentes que resultaram nas 38 mortes registradas no feriado, 22 ocorreram no período noturno. Em 40% dos acidentes, a pista estava molhada por causa das chuvas.

No entanto, o número de acidentes no período cresceu. No feriado de Corpus Christi deste ano foram registrados 1.062 casos, enquanto no ano passado ocorreram 974. Também cresceu o número de feridos, de 332 no ano passado para 351 este ano.

O Comando de Policiamento Rodoviário também informou que 1.587 condutores foram autuados por ultrapassagem proibida, 1.597 por falta de uso de cinto de segurança e 363 por embriaguez ao volante. A Operação Corpus Christi em São Paulo teve início às 14h de quarta-feira do dia 29 de maio e terminou à meia-noite de ontem.

Santa Catarina, Minas Gerais e Pará registram 22 mortes

As rodovias federais que atravessam os Estados de Santa Catarina, Minas Gerais e do Pará registraram 787 acidentes, com 22 mortes, durante o feriado de Corpus Christi. Minas liderou a estatística com 11 óbitos.

Na comparação com o feriado de Corpus Christi de 2012, houve redução de acidentes no Pará e em Minas Gerais, mas aumentou em Santa Catarina.

De acordo com o Ministério da Justiça, com base em dados de janeiro a setembro de 2012, os trechos de Santa Catarina (BR-101), do Pará (BR-316) e de Minas Gerais (BR-381) foram considerados os mais perigosos das rodovias federais no País.

Fonte: Terra.com


Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']